Entrega do Prêmio Caio se transforma em evento memorável

14/12/2018


Na noite de 11 de dezembro realizou-se em São Paulo a cerimônia de entrega da 19ª edição do consagrado como o ‘Oscar dos Eventos’. O Expo Center Norte, patrocinador master do evento, mostrou uma vez mais sua condição de espaço privilegiado, pela logística, qualidade receptiva e infraestrutura irrepreensível.

Depois de meses de trabalho, com apoio das entidades mais representativas do país nos segmentos de eventos, promoção comercial, marketing promocional e turismo de negócios; envolvimento direto de centenas de profissionais, a abertura foi marcada pelo discurso do idealizador e CEO da Eventos Expo Editora, Sergio Junqueira Arantes.

Leia também: Promoview acompanhou Prêmio Caio em tempo real. Assista as nossas lives

Leia também: Oscar dos eventos, Prêmio Caio consagra os melhores de 2018.

Vencedores do Grand Prix

Por meio de processo democrático e criterioso, o Prêmio Caio 2019 elegeu, entre 21 Personalidades do Ano, os sete ganhadores do Grand Prix: Bibiana Berg - Banco Santander; Fátima Facuri - ABEOC Brasil - Associação Brasileira de Empresas de Eventos; Juarez Carvalho Filho – MCI Brasil; Leila Bueno - Bueno Arquitetura Cenográfica; Lizete Ribeiro - Rede Tauá de Hotéis; Paulo Renato Fonseca - Secretaria de Turismo do Espírito Santo; e Paulo Ventura - Expo Center Norte.

Novidades para 2019

Em 2019, o Prêmio Caio completa 20 anos. E muitas comemorações estão programadas. Arantes enalteceu em seu discurso o agradecimento a Júlio Feijó, fundador do Promoview e editor do Anuário Brasileiro de Live Marketing, pela iniciativa de homenagear os 20 anos do Prêmio Caio na edição de 2019.  “Estar na capa do Anuário Brasileiro de Live Marketing e ter sua história e performance reportados em uma ampla reportagem em suas páginas é a comprovação de que o Prêmio Caio atingiu sua maturidade.”, finalizou Arantes,

O lançamento do Anuário Brasileiro de live marketing será durante o Fórum Eventos 2019, dias 29 e 30 de abril em São Paulo. Este seminário transformou-se num dos principais encontros técnicos do setor de Turismo e Eventos e estará com inscrições abertas a partir de janeiro, anunciou Sergio Junqueira Arantes no seu discurso. “Espero revê-los em abril, no Fórum.”

Já a noite de encerramento do Fórum Eventos coincide, nesta edição, com o Dia do Profissional de Eventos, comemorado em 30 de abril, data instituída em 2012, por iniciativa da Academia Brasileira de Eventos e Turismo.  Para Sérgio, esta efeméride carecia de uma comemoração condizente com a importância da indústria. E em 2019, com apoio do Fórum das Entidades do Trade de Eventos, será realizado um Jantar de Gala, uma noite black-tie, no último dia do Fórum Eventos, no Centro de Convenções Rebouças.

Sérgio Junqueira Arantes, idealizador do Prêmio Caio.

Apresentou números, mostrou a relevância e apontou valores que permeiam toda a atividade do universos dos eventos. “No Brasil, representamos 25 milhões de empregos. 854 bilhões de reais em faturamento. Representamos 13% do PIB Nacional. E no mundo, o impacto é superior a 8 trilhões de dólares.”, pontuou Arantes.

“São números grandiosos, que demonstram a força da indústria de eventos, entretenimento e turismo. Parafraseando Rodrigo Cordeiro, somos protagonistas da equação  MICE²+FT: Meeting, Incentive, Congress, Exhibition, Experience, Festivals and Tourism.”, acrescentou Sérgio.

Tecnologia e Humanização

Ante uma audiência seleta e atenta, Sergio Junqueira Arantes lembrou que “Pesquisas indicam que 70% dos empregos existentes no começo do século deixarão de existir nos próximos sete anos. O homem será substituído pelos robôs, sempre que o serviço prescindir do emocional, do pensar fora da caixa. Mas, neste mundo dos contatos mediados nas nuvens, cada vez mais o contato pessoal será valorizado. O ser humano precisa do olho-no-olho, de sentir o contato pele-com-pele.”.

Na continuação do contraponto, Arantes asseguou: “Fazer o previsível, a inteligência artificial fará melhor do que nós. Nosso diferencial é trabalhar o inesperado, o imprevisível, o inexistente. E nesse mundo, o MICE²+FT é imbatível, insubstituível. Se hoje somos cerca de 15% da força de trabalho do mundo, no futuro seremos ainda mais. Porém, a chave deste crescimento é o conhecimento. A visão 360° do mundo. Temos que voltar a ser enciclopedistas. Saber de tudo um pouco, e do pouco, muito. Só assim teremos os insights que transformarão, senão o mundo, pelo menos o nosso entorno”.

Ancorado pela apresentação e imagens e referências, o anafitrião falou dos 25 anos da Eventos Expo Editora; dos 22 anos da Revista Eventos; do Fórum Eventos e da pesquisa assinada pela Revista Eventos – “Termômetro do Mercado Nacional de Eventos”.

Extrato da Pesquisa

A edição 2018/2019 arrola empresas de diversos setores, com predomínio daquelas que atuam na área de serviços, possuem mais de 500 funcionários, realizaram acima de 21 eventos por ano, com participação de 499 até 2.499 pessoas (incluindo público interno e externo), nas seguintes tipologias:

Treinamentos/workshops; estandes em feiras; eventos de relacionamento; confraternizações; congressos/simpósios/congressos; comemorações; entre outros. Potencial de compra das empresas entrevistadas está presente no total do orçamento declarado: 44% delas possuem de R$ 2,5 milhões a mais de R$ 100 milhões por ano para realizar seus eventos.  

Os principais resultados apontam que o mercado corporativo de eventos no Brasil está mais otimista que em 2016. Mais da metade das empresas pesquisadas disseram que seu orçamento para eventos cresceu em 2018 e 44% afirmam que aumentará em 2019.

No campo das tendências, verifica-se o crescimento de eventos exclusivos e técnicos-científicos; que reconhecem mais a importância do gerenciamento, contratam ou fazem análise completa da sustentabilidade. Os eventos de grande porte tendem a utilizar mais tecnologia, com foco no perfil dos participantes e envolver mais profissionais especializados.

Nos próximos 5 anos, os entrevistados afirmam que haverá aumento na quantidade dos eventos que realizam, em todas as categorias de análise. Ou seja: aumento dos eventos de pequeno, médio e grande porte.

 

Latam – Cia Aérea Oficial do Prêmio Caio

Camila Belinelli, gerente do Núcleo de Negócios da Latam, manifestou a posição da empresa aérea sobre o evento.

"O ano de 2018 foi desafiador e de muitas escolhas para a Latam Airlines Brasil. Além de decisões estruturais, como ampliar ainda mais a nossa malha internacional, escolhemos continuar focados no negócio de feiras e eventos por entendermos que se trata de um mercado de alta relevância para a economia do país. Neste contexto, o Prêmio Caio se conecta com o nosso trabalho e, em razão disso, é uma honra e uma satisfação apoiarmos esse prêmio.", declarou Belinelli.

Expo Center Norte

Instituição foi homenageada e reconhecida como hors-concours na categoria Centro de Convenções, recebido, pelo sexto ano consecutivo. Paulo Ventura, diretor-superintendente do Expo Center Norte, manifestou “Ser uma grande honra e satisfação sediar, e, claro, participar da Noite do Jacaré. Essa premiação é fundamental para valorizar e incentivar nosso mercado de atuação.”, afirma Paulo Ventura, diretor-superintendente do Expo Center Norte”.

Fonte: Redação.