A prática da leitura traz benefícios para a vida toda, principalmente se o hábito for desenvolvido ainda quando criança. Livros têm o poder de construir, transformar, ensinar, aproximar e levar os leitores para lugares inimagináveis e espetaculares.

Mercantil do Brasil apoia a 3ª edição do Salão do Livro infantil e juvenil de Minas Gerais

10/08/2017

A prática da leitura traz benefícios para a vida toda, principalmente se o hábito for desenvolvido ainda quando criança. Livros têm o poder de construir, transformar, ensinar, aproximar e levar os leitores para lugares inimagináveis e espetaculares.

Com patrocínio do Mercantil do Brasil, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, o 3º Salão do Livro Infantil e Juvenil de Minas Gerais, tem como objetivos valorizar o livro como bem cultural, reforçar a importância da literatura infantil e incentivar a formação do hábito de leitura entre crianças e jovens. O evento acontece de 15 a 20 de agosto, no Parque Municipal Américo Renné Gianetti, em Belo Horizonte.

Os leitores mineiros poderão aproveitar toda a programação, que inclui lançamentos de livros, espetáculos teatrais e oficinas. Segundo o escritor e curador do Salão do Livro, Leo Cunha, a programação foi pensada para atingir crianças, adolescentes e adultos que se interessam pelo universo da leitura.

“Queremos esse equilíbrio entre o livro como produto que está no mercado, e é comprado, lido e discutido, e como objeto que abriga a arte da palavra”, explica.

Com o intuito de incentivar a formação de novos leitores, 13 mil alunos de escolas municipais e estaduais de Belo Horizonte terão a oportunidade de escolher seus próprios livros – uma vez que cada um deles receberá um vale-livro.

Dentro da programação do evento, o consultor do site de educação financeira do Banco Mercantil do Brasil, Carlos Eduardo Costa, participará de um bate papo sobre educação financeira para crianças.

O economista é autor de livros de educação financeira, incluindo coleções infantis que mostram como os pais podem integrar os pilares da educação financeira infantil – aprender a ganhar, aprender a gastar, aprender a doar e aprender a poupar – aos hábitos dos seus filhos visando a formação de adultos, financeiramente, mais conscientes. A apresentação será gratuita, no sábado, 19 de agosto, às 14h, no teatro Francisco Nunes.


Fonte:: Redação