Kart dá péssimo exemplo na Granja Viana

17/12/2017


Recém empossado no conselho de Kart da FIA, Felipe Massa viu seu nome envolvido numa grande confusão neste fim de semana durante as 500 Milhas de Kart da Granja Viana. No fim da corrida, Rodrigo Dantas - em um dos karts do time de Massa - e Tuka Rocha - da equipe de Thiago Camilo, Vice Campeão da Stock Car 2017 - protagonizaram uma briga física após um acidente cercado de polêmica.

O ocorrido se deu após os dois times terem trocado acusações durante a corrida sobre um suposto jogo de equipe para atrapalhar Massa, que havia superado Thiago Camilo - companheiro de Tuka - ainda no início da prova.

O desfecho da tensão criada ocorreu nos últimos minutos da corrida, quando Tuka Rocha, em segundo lugar, acabou se tocando com Rodrigo Dantas, em outro kart do time de Massa (que naquele momento liderava). Os dois foram parar nos pneus, e ao levantarem de seus karts, tudo acabou em um conflito físico dentro da pista com a corrida ainda valendo. Dantas perdeu o controle e tentou estrangular Tuka no chão. Seguranças precisaram apartar a briga, que rendeu desclassificações aos karts das duas equipes.

Felipe Massa, que estava guiando no momento lamentou o episódio e assumiu toda a responsabilidade pelo tumulto.

“Ponham a culpa em mim. Eu estava no kart, guiando. Mas a minha equipe tomou a decisão de jogar os karts da outra equipe para fora também. E isso é mais triste ainda. Quando os karts (da Sambaíba) me jogaram para fora, passei acenando (para a direção de provas) umas cinco, sete ou dez voltas.” “Pelo que eu vi, o time inteiro deveria ser desclassificado. Só que isso não aconteceu, e o que houve depois foi uma guerra dentro da pista. Para mim, isso é muito triste e mais triste ainda ver a minha equipe dentro disso. Não foi decisão minha – estava guiando o kart. Mas peço desculpas a todos pelo que aconteceu hoje, porque nunca vi algo assim na minha carreira. A competição é dentro da pista, mas nunca desta maneira.”

Fonte: Redação