Qual o futuro da mídia OOH no Brasil?

01/10/2019


A mídia OOH possui diversas aplicações e formas. O seu crescimento em painéis digitais em todo o mundo e a automação da compra e venda de Digital Out-Of-Home (DOOH), só vem avançando e tomando força e escala.

Essas alterações e expectativas do que prever para o futuro da mídia publicitária foi discutido no DM.exco 2019 (Digital Marketing Expo & Conference), o maior evento de marketing digital da Europa que reuniu as principais tendências e novidades do setor.

Realizado em Colônia, na Alemanha, com mais de 30 mil participantes, 600 palestrantes, 532 expositores e 250 horas de conteúdo, a DM.exco se tornou um dos principais encontros de marketing do mundo e o principal do continente europeu, e destacou o potencial digital da mídia Out-Of-Home e suas diversas aplicações.

Os anunciantes querem uma transformação que otimize investimento e tempo, já que aparentemente, no futuro, vamos gerenciar todas as mídias em um único painel, inclusive o Out-Of-Home, que está em plena transformação. Pensando nisso, trouxemos uma curadoria dos melhores temas que foram discutidos durante o evento:

- OOH é a mídia das cidadades inteligentes. Como o conceito smart cities está cada vez mais forte e inclui desde soluções de tecnologia e inovações de mobilidade urbana até oferta de serviços em tempo real, o evento dissertou que o avanço do Digital Out-Of-Home (DOOH) faz dessa mídia a protagonista nas cidades inteligentes. Por meio das telas digitais e interativas, a população pode ter acesso a informações sobre clima, tráfego e infraestrutura, beneficiando moradores e turistas com conectividade, informações e mensagens de interesse.

- A mídia Out Of home é a mídia da criatividade holográfica. Em um momento em que a experiência do cliente se torna um dos maiores ativos das marcas, grandes anunciantes estão recorrendo às novas técnicas interativas de OOH para fazer as pessoas se conectarem às suas mensagens. Diante da abundância na oferta de produtos e serviços, a conexão que a mídia OOH permite nos grandes centros urbanos, se torna um caminho inventivo e inspirador para a criação de campanhas. É importante olhar de perto a digitalização da mídia OOH, que aponta enormes oportunidades de conexão para clientes.

- O OOH é a mídia da integração multitela. Telas 4K, conectadas e digitais: a evolução da mídia Out-Of-Home transformou mobiliários urbanos estáticos em hubs interativos para marcas explorarem a jornada de consumo de seus clientes. Por meio dessa conectividade, é possível criar campanhas multitela, integrando OOH e mobile.

- O DOOH será cada vez mais programático. Teoricamente, qualquer anúncio veiculado digitalmente também pode ser transacionado via programática, mas isso ainda não acontece em escala. Depende, também, da conexão entre as diferentes empresas que formam o ecossistema de mídia exterior e de sua automação. O IAB projeta uma curva de crescimento do DOOH Programático na casa dos 25% ao ano para 2020 no continente europeu. De 2021 em diante, deverá haver uma aceleração maior, segundo o órgão, que é o representante de toda a indústria digital.

- DOOH Programático permite criatividade ilimitada e faz parte do modelo do futuro. As possibilidades criativas são ilimitadas quando você explora o DOOH de forma programática. Esse tipo de publicidade exterior deve ganhar escala com a implementação do 5G nas grandes cidades, que aumentará a hiperconectividade dos painéis digitais. Além disso, permitirá uma mensuração mais assertiva sobre campanhas em outdoor.

É necessário que as empresas valorizem os dados proprietários (first party data), otimizando seu uso via programática. Considerado pelo próprio DM.exco como modelo de futuro para agências, o S4 Capital (MediaMonks) também olha para o DOOH Programático.

Fonte: Ana Célia Biondi.

TAGs: artigo mídia-ooh publicidade