Canal
Geral

Estudo revela aumento na utilização de mídias digitais

Por: 0 19 de Julho de 2012

 A Burson-Marsteller, empresa global do mercado de relações públicas e public affairs, anunciou dia 17/07, em Nova York, os resultados da terceira edição do "Estudo Global Social Media Check-up", em que examina como as empresas listadas no ranking global da Fortune utilizam as plataformas de mídias sociais mais populares: o Twitter, o Facebook, o YouTube, e, pela primeira vez, o Google Plus e Pinterest. O estudo aponta que 87% das companhias utilizam pelo menos uma das quatro mídias sociais analisadas como plataforma de comunicação, o que representa um aumento de 10% no índice desde 2010. O Twitter novamente se destacou como a plataforma mais popular, sendo utilizado por 82% das empresas analisadas, as quais foram mencionadas no canal, em média, 55.970 vezes por mês. Em um único mês, as 100 maiores companhias globais juntas foram mencionadas um total de 10.400.132 vezes nas redes sociais, sobretudo no Twitter. Já a ferramenta que mais cresceu foi o YouTube. O estudo aponta que houve um crescimento de 79% no número de marcas com um canal oficial nessa rede, sendo que, em média, cada canal corporativo tem mais de dois milhões de visualizações e 1.700 inscritos. “O estudo indica uma tendência no crescimento da criação de conteúdo pelas empresas da Fortune 100”, afirma Mark Penn, CEO Global da Burson-Marsteller. “É interessante ver como, de 2010 para cá, as empresas evoluíram no que diz respeito à produção de conteúdo, engajamento e divulgação nas redes sociais". “As pessoas querem interagir e se conectar com essas empresas, e as redes sociais são a ponte direta para essas organizações”, diz Dallas Lawrence, Chief Global Digital Strategist da Burson-Marsteller. A partir desta edição, o estudo incorporou dados fornecidos pelo Visible Technologies, líder em monitoramento de mídias sociais, análises e serviços para companhias em todo o mundo. As empresas presentes na Fortune 100 deste ano têm mais contas nas plataformas sociais em relação a 2010 e 2011. Com uma média de 10,1 contas no Twitter, 10,4 páginas no Facebook, 8,1 canais no YouTube e 2,6 páginas no Google Plus; O estudo foi realizado com base nas informações das empresas presentes no ranking global Fortune 100. Das cem empresas listadas, 29 são dos Estados Unidos, 45 da Europa, 23 da Ásia-Pacífico e três da América Latina. Todas as comparações feitas durante o estudo foram baseadas nas duas edições anteriores do Global Social Media Check-Up, da Burson-Marsteller, publicados em 2010 e 2011. Nesta edição, o estudo proporcionou também dados sobre quantos consumidores e públicos de interesse discutem sobre as companhias nas mídias sociais. Os dados foram analisados pela equipe global de pesquisa da Burson-Marsteller. - 74% das empresas acreditam na importância de ter uma fan page no Facebook; - 93% das páginas corporativas do Facebook são atualizadas semanalmente; - 48% das empresas já estão no Google Plus; - 25% das empresas possuem conta no Pinterest; - Cada página corporativa do Facebook tem, em média, 6.101 pessoas falando sobre a empresa. Para visualizar o estudo em português, clique aqui.    

Tags: