Sendo você uma S.A., onde está a sua logo?

07/02/2019


Há ainda um grande equívoco no mercado com relação ao investimento na criação e renovação da identidade visual de um negócio, produto, serviço, e, até mesmo, de uma pessoa, afinal, somos todos hoje uma S.A.

Batizada de logo, esse projeto criativo vai muito além da configuração de um design planejado e de uma estética que desperte a atenção.

A logo revela muito mais que traços e cores em sinergia. Ela comunica propósitos e valores relacionados a um determinado core business, tornando-se um elo essencial e colaborativo ao desenvolvimento perceptivo dos públicos de interesse que orbitam sua existência.

Mesmo caracterizada de forma atemporal, torna-se necessária de tempos em tempos investir em sua renovação, o que não implica em uma transformação radical ao ponto de um estranhamento e/ou até repulsa, pois isso pode referenciar em afastamento de seus fundamentos construtivos.

A decisão de não alterar uma logo com o passar do tempo implica em não acompanhar a própria evolução corporativa, sem falar nas mudanças socioculturais geracionais, o que irá depor e até mesmo, em muitos casos, contradizer a sua imagem transmitida.

Datas como aniversários de fundação, fusões, mudanças físicas são alguns exemplos de “timing” sugestivo para abraçar um projeto de uma nova logo.

Um exemplo recente foi a apresentação da nova logo da Ituran Brasil, líder global em rastreamento veicular, que consolidou sua busca de convergir tecnologia com humanização em sua nova imagem.

Na Era digital, onde os consumidores estão saturados de atendimentos robotizados, a empresa procurou adotar como diretriz uma comunicação mais humanizada, colocando o cliente como protagonista de seus negócios.

Tatiane Monteiro, gerente  de marketing da empresa, explica que o novo logotipo representa um 'marcador'. "Os pontos demonstram a avançada capacidade do nosso sistema antirroubo/furto - por meio de um carro conectado - além de toda a tecnologia para a assistência a acidentes e gestão de frotas em tempo real. Isso dá à nossa marca uma identidade mais forte e inovadora, que emerge com nossa característica de eficiência.” destaca.

E diferentemente de outrora, o mercado tem reconhecido e valorizado negócios que são chancelados pelos próprios nomes daqueles que os lideram, dirigentes e/ou empreendedores.

Pressupõem-se que há um comprometimento muito maior quando há essa veiculação, afinal, empresta-se a uma atividade com legado emocional, familiar e autêntico.

E trabalhar com essa especificidade é um desafio maior, já que há uma ligação direta com conexões de foro de grande intimidade, que resultará na representação imagética dessa linha hereditária e pessoal.

Como profissional de mercado, cada vez mais protagonista pelo sucesso de sua carreira, com possibilidades de ser um formador de opinião, com voz ativa propiciada pelo avanço das mídias sociais, investir na criação de sua logo é um up em seu melhor patrimônio: Você Mesmo!

Eu já investi na minha!!

Que tal esboçar sua logo?

Que traços ilustrativos e conceituais você usaria?

O que você quer transmitir?

Como você será percebido?

Enfim, mãos na massa, ou melhor, no lápis, ou se preferir, no mouse de seu notebook.

 

Por Andrea Nakane.

TAGs: