Tendências de consumo - 2019

12/05/2019


Recebi uma pesquisa muito interessante sobre as 10 principais tendências de consumo global da Euromonitor que gostaria de fazer um resumo este mês.

As 10 tendências são:

1 – Agnósticos quanto a idade

Estamos aumentando nosso limite de idade, cuidando melhor da nossa aparência, saúde e bem-estar. Neste sentido, as gerações mais velhas querem continuar consumindo como os mais jovens, gerando uma série de oportunidades de consumo.

O poder de compra dos mais velhos é maior do que as novas gerações, abrindo, assim, um novo e grande mercado de consumo buscando produtos que atendam ao cuidado do equilíbrio mental, espiritual e físico. Com certeza muitas oportunidades na indústria do turismo e a da saúde.

2 – De volta ao básico pelo status – menos é mais

Os consumidores estão buscando produtos mais naturais, feitos de forma personalizada que têm um status implícito. Vemos claramente isto nos produtos de beleza e nas cervejas com o crescimento exponencial das artesanais. Se buscam experiências autênticas e diferenciadas que permitam expressar sua individualidade.

3 – Consumidor consciente – prestando cuidadosamente atenção nas suas compras

A preocupação com o ambiente e o animal vem crescendo e a indústria vegana vem ganhando força no consumo dos cosméticos, vestuário e alimentação.

Estas indústrias estão se reinventando para esse novo consumidor com novas exigências e que vem formando opinião globalmente.

4 – Juntos digitalmente

Na última década, a tecnologia evoluiu muito criando novos formatos de interação, quebrando as barreiras territoriais e abrindo uma nova fronteira para a comunicação e a colaboração. Atualmente, dedicamos um enorme tempo do nosso dia para as comunicações via aplicativos e redes sociais, interagindo tanto de forma pessoal como profissional.

A internet e o smartfone estão cada vez mais presentes globalmente quebrando todas as barreiras e mudando a forma como nos relacionamos, consumimos, comunicamos, divertimos, aprendemos e colaboramos com o nosso mundo.

5 – Todos são especialistas – conhecimento é poder

Nesta Era digital a informação está disponível para todos, mas saber usar estas informações vai fazer a diferença.

Hoje, no universo do consumo é possível ter acesso a opiniões de consumidores, fazer pesquisas de produtos e preços em tempo real e aprender sobre o produto que vai adquirir em um alto grau de profundidade.

As redes sociais e suas diversas formas de influenciar sobre um determinado produto ou segmento de produto mostram como estamos consumindo de uma nova forma. Hoje, para quem deseja vender um produto, o desafio é muito maior.

6 – Encontrando o seu momento

Ao mesmo tempo que estamos cada vez mais digital, vemos o quanto isto nos toma o nosso tempo. O nosso medo hoje de se sentir desconectado vem causando muito estresse tanto na vida profissional como na vida pessoal.

Esta volta às experiências reais, desconectadas, com contato real com as pessoas e com o ambiente vem sendo uma tendência. E o grande desafio será saber balancear o tempo entre as facilidades da tecnologia com as experiências reais.

7 – Posso cuidar de mim mesmo

A quantidade de informações e a influência das redes sociais, estão gerando uma vontade de o consumidor se sentir livre de tantas “obrigações” que precisa cumprir para estar alinhado com o fast fashion, soluções de beleza instantâneas e dietas da moda por exemplo.

A busca por produtos personalizados que esclareçam, melhorem e simplifique a sua vida cotidiana e ainda tenha uma linha consciente que proteja o meio ambiente é uma busca do consumidor para sentir que tem o controle sobre suas decisões.

8 – Quero um mundo sem plástico

As imagens das tartarugas asfixiadas com canudos e os mares de plásticos desencadearam um movimento contra o plástico mundialmente. Diversas iniciativas de substituição do plástico estão nos planos de muitas empresas.

9- Eu quero agora – experiências sem atrito

A rapidez do acesso à informação está criando um consumidor que não quer esperar, que não quer ter nenhum atrito no momento do consumo.

Assim, estão surgindo cada vez mais soluções tecnológicas junto com novos apps para simplificar a experiência da compra. A diminuição do atrito vai fazer a diferença no momento da decisão do produto que se quer comprar e o local a ser usado.

10 – Vivendo uma vida de solteiro

Este é um modelo de vida que vem crescendo principalmente pela faixa etária mais velha. Os divórcios aumentaram e a vida de solteiro passa a ser uma opção.

Assim, abre-se um novo mercado de consumo, com novas necessidades, novos hábitos e uma nova relação com as marcas e com sua comunicação.

O conhecimento das diversas gerações e como elas estão se relacionando com o hábito de vida digital sem dúvida é um grande desafio para as indústrias, para os produtos e para o varejo.

Todas essas tendências e comportamentos que estamos vivenciando mostram uma necessidade de acharmos o balanceamento entre a rapidez, a informação e a conveniência do digital e vivência do nosso eu sem necessitar estar conectado. Precisamos sentir que dominamos este ambiente e não estamos sendo dominados por ele.

Se quiser ter acesso a pesquisa completa, acesse o site da Euromitor, se cadastre e procure por: 10 principais tendências globais de consumo 2019.

 

Por Marcelo Amarante.

 

TAGs: artigo marcelo-amarante tendências-do-varejo