As competências de um franqueado

07/09/2019


O negócio de franquias vem crescendo nos últimos anos sempre acima dos indicadores econômicos brasileiros.

Cada vez mais profissionais buscam ser dono do seu negócio e o caminho preferencial é abrir uma franquia.

Mas nesse universo de ser um franqueado muitos novos desafios são colocados para esses profissionais que sonham em ter um negócio e ser dono do seu tempo.

Liderar um negócio de franquias vai exigir competências tanto do mundo corporativo como do empreendedorismo. E este é o grande desafio para este novo profissional.

Normalmente nos identificamos mais com um mundo, seja ser um executivo no mundo corporativo ou ser empreendedor, porém, no universo de franquias, são exigidas as duas competências e aí está o grande x da questão para ser um excelente franqueado.

Tocar uma franquia exige ser empreendedor, pois estará à frente de um negócio que exigirá:

1 - Buscar oportunidades no mercado.

2- Construir um relacionamento com seus clientes.

3- Liderar e desenvolver pessoas.

4- Administrar as questões financeiras.

5 – Saber olhar o todo e ser dono dando o ritmo ao seu negócio.

Porém também terá que ser um executivo, pois precisará:

1 – Se relacionar com a franqueadora e os demais franqueados em uma relação sadia de negócios.

2- Saber cumprir processos, padrões e diretrizes da franqueadora.

3 – Liderar e desenvolver pessoas.

4- Fazer a gestão do negócio com indicadores.

5 – Apresentar seus resultados para a franqueadora.

Ou seja, terá que, dependendo do momento, vestir o chapéu de empreendedor ou o chapéu de um executivo e este é o grande desafio do franqueado pois, normalmente, acaba sendo mais empreendedor ou mais executivo.

Para quem já tem sua franquia ou sonha ter a sua, é importante fazer esta reflexão para identificar as suas principais lacunas profissionais e se desenvolver, para se tornar um excelente profissional de franquias.

 

Por Marcelo Amarante.

TAGs: artigo franquias marcelo-amarante ponto-de-venda