Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Futuro do delivery no pós-pandemia é otimista

Por: Redação com informações do Whow.. 4 de Maio de 2021

O futuro do delivery está muito ligado às emoções, e, nesse momento, em que sentimentos como ansiedade, estresse e nervosismo fazem parte do nosso dia a dia, fica ainda mais claro o porquê. 

Conforme demonstra uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, em 2020, a ansiedade é o transtorno mais presente na vida do brasileiro durante a pandemia. 

As últimas novidades do varejo. Confira aqui

Leia também: Os principais riscos para o nosso setor.

Dessa forma, buscamos "válvulas de escape" para aliviar tais emoções, e, uma das "fugas" mais utilizadas, atualmente, é a comida. Ou melhor, comer.

Nesse sentido, existem teorias que sugerem que algumas pessoas comem para aliviar o estresse, ou seja, possuem uma "fome emocional". 

Além disso, a comida passa a ser um modo de regular o humor e até escapar de pensamentos desagradáveis.

Ou seja, o alimento como forma de prazer já se faz presente, mas pode estar cada vez mais alinhado ao futuro do delivery.

O futuro do delivery se molda durante a pandemia

Apesar da pandemia ter nos afastado das pessoas que gostamos, das viagens que sonhávamos e dos lugares que frequentávamos, ela nos aproximou da praticidade de comer em casa.

Um estudo realizado pela Mobills, startup de gestão de finanças pessoais, mostra que apenas em 2020 as pessoas aumentaram em 149% o gasto em iFood, Uber Eats e Rappi

É claro, que este fenômeno se dá pelo fato do distanciamento social ser uma medida de extrema importância atualmente.

Ainda assim, a previsão é que este seja um hábito que venha para ficar e, provavelmente, este crescimento acompanhará o futuro do delivery.

Como chegar ao seu cliente

Nesse sentido, fica evidente a relevância de ter uma estratégia bem formulada para a venda. Mais do que isso, é preciso pensar em todas as etapas do cliente na compra, indo desde identidade visual até o relacionamento na compra. 

Neste sentido, buscar ferramentas tecnológicas é a melhor saída.

Também é preciso entender do digital, as redes sociais exercem uma função importante na divulgação do seu negócio, com a possibilidade de inovar e conversar diretamente com o seu público-alvo. 

Além de possibilitar que potenciais clientes tirem dúvidas a respeito dos produtos oferecidos. Em resumo, a internet é a forma ideal para se aproximar dos clientes.

Utilizar canais de atendimento fora do chat do aplicativo é outra possibilidade. Aplicativos como o WhatsApp Business, por exemplo, permitem que o consumidor possa fazer sugestões e comentários diretamente para um funcionário da empresa. 

Além de possibilitar o acesso fácil e simples ao catálogo e informações sobre o estabelecimento. Mantendo assim, um contato mais rápido e personalizado com a empresa. Algo de grande importância para a fidelização do cliente.

Ainda mais relevante que a divulgação, a qualidade do produto e da entrega são pontos cruciais. É preciso prestar atenção desde o tipo de embalagem que você está servindo o seu produto, até o fluxo de trabalho organizado para que o tempo de entrega estipulado seja cumprido. 

Além disso, a qualidade dos pratos oferecidos deve ser a razão norteadora dos restaurantes.

Produtos de boa procedência e confiáveis são o segredo para uma experiência gastronômica prazerosa. Como resultado, você terá clientes satisfeitos e uma marca consolidada no futuro do delivery.

Mas afinal, qual o futuro do delivery?

Porém, empresas desta área precisam ficar atentas às demandas do mercado. Conforme o estudo realizado pela Brasil Foods Trends 2020, as tendências e exigências dos consumidores mudaram são pautadas por estas 5 categorias:

1. O prazer de comer

Conforme já apresentado anteriormente, as pessoas estão valorizando cada vez mais experiências gastronômicas prazerosas. Tal tendência aumenta o interesse em receitas já consolidadas, além de criar o interesse em novas texturas e sabores.

É importante frisar que cada vez mais a socialização em torno da alimentação é valorizada. Ou seja, a refeição ainda é um importante elo entre as pessoas (cada vez mais) no conforto dos seus lares.

2. Saúde e bem-estar

Alinhado a isto, a preocupação com uma alimentação saudável cresce cada vez mais entre a população. Além da preocupação estética, estima-se que cerca de 20% dos brasileiros já alcançaram o patamar da obesidade. 

O que também resulta na busca por segmentos de comidas saudáveis e/ou com baixa calorias.

3. Praticidade

Apesar da rotina dos brasileiros ter mudado, o ritmo de vida continua acelerado. Por isso, também cresce a demanda por refeições práticas e rápidas. 

Apostar em refeições simples, mas saborosas, em embalagens de fácil abertura e descarte prático são algumas medidas para se manter no mercado.

4. Confiança e qualidade

Além disso, alguns consumidores mais conscientes passam a demandar produtos com qualidade comprovada. Selos de qualidade e certificados do produto são cada vez mais procurados por este público. 

Alinhado a isso, informações mais claras a respeito dos atributos dos seus produtos, podem contribuir para a credibilidade da sua marca.

5. Sustentabilidade

Além das demandas com a experiência, saúde e qualidade, a busca por produtos mais sustentáveis também cresce no futuro do delivery. É cada vez maior o surgimento de consumidores preocupados com o meio ambiente e causas sociais.

Algumas medidas cada vez mais praticadas são: menor taxa de carbono, baixo impacto ambiental, não ter maus-tratos animais e embalagens recicláveis e recicladas.

Cuidados ao receber os pedidos

Outro fator que também é levado em muita consideração na hora de comer, são as medidas de segurança. Ou seja, mais um motivo que beneficia o delivery. Com este tipo de serviço o consumidor se sente mais seguro por não ter que encontrar aglomerações na hora da sua refeição.

No entanto, é preciso seguir algumas medidas, como utilizar embalagens de papel e permitir o pagamento via aplicativo. Além de exigir das plataformas o cumprimento das medidas de segurança dos seus colaboradores.

O futuro do delivery é próspero e duradouro!

O delivery passa a ser uma ferramenta cada vez mais utilizada e a tendência é que ele venha para ficar. No entanto, é preciso ficar atento às novas demandas exigidas pelos clientes, como sustentabilidade e segurança, além dos investimentos e cuidados tanto dos restaurantes como das plataformas, pois sendo um mercado que tanto cresce, também se modifica muito.

Se posicionar de forma correta, garantir a melhor experiência para o cliente e investir em novas tecnologias pode ser a melhor forma de você garantir o seu espaço no futuro do delivery.

 

Foto: Reprodução.

Tags: delivery | futuro-do-delivery | varejo