Canal
Conteúdo

Como o omnichannel aproxima o cliente da marca

Por: Renan Mota - Founder da CoreBiz. 8 de Maio de 2020

O varejo e o comércio em geral sabem que não é mais suficiente ter um site para vender e se comunicar com o cliente. 

Embora as compras pela internet tendam a aumentar, a verdade é que o consumidor hoje adquire produtos e serviços em ambientes diversificados, nos meios físico e virtual. 

Nesse sentido, o omnichannel é uma estratégia cada vez mais necessária e utilizada pelas empresas a fim de estreitar a relação entre on-line e off-line e aprimorar a experiência do cliente, já que busca a excelência em todos os pontos de contato entre empresa e consumidor.

Trata-se, portanto, de uma estratégia que adota vários meios de compra para proporcionar a melhor experiência ao consumidor. Une diversos canais de consumo como catálogos, lojas físicas, e-commerce, venda porta a porta, televendas etc. 

Há grande integração entre os canais: o cliente pode, por exemplo, ver o produto em um canal e comprar em outro. O omnichannel é, também, resposta à exigência do consumidor por uma experiência de compra mais proveitosa e confortável, com menos barreiras.

É bom lembrar que, atualmente, os clientes não são mais leais a uma marca, mas sim a uma boa experiência. E o omnichannel é uma ferramenta para atender e superar as expectativas nesse sentido. 

Esse resultado é possível porque ele ajuda a melhorar vários processos. É capaz de proporcionar visibilidade única de todas as encomendas, em toda a rede de distribuição, de fornecedores a lojas, passando por centros de distribuição. Assim, é possível reduzir os custos de entrega e melhorar o controle de estoque, fornecendo excelência a esse processo. Com isso, garante-se pontualidade nas entregas e boa experiência ao cliente.

Com uma única plataforma, é possível administrar cada pedido, em cada canal, além de se ter controle de todo o estoque em tempo real, o que proporciona informações confiáveis para o abastecimento das lojas, evitando desperdícios e trazendo ganhos para a empresa. 

Como foi dito, tudo é feito para que os pontos de contato com o cliente sejam ágeis, eficientes e confortáveis para superar as expectativas do consumidor. Com o cliente satisfeito, é possível oferecer mais produtos e serviços, aumentar as vendas e fidelizar o comprador. 

O sucesso do omnichannel, no entanto, depende de a empresa ter, ou implantar, uma cultura organizacional de comprometimento com o cliente, em que todos os serviços e canais tenham o mesmo tipo de conteúdo, preços, promoções, descrição de produto, informação sobre entregas e pagamentos. 

Todos os canais precisam divulgar os mesmos conceitos, valores e informações. E é importantíssimo integrar a logística de entregas, devoluções e trocas.

Mesmo sendo uma estratégia cada vez mais comentada, sua adoção ainda é relativamente pouco utilizada, o que abre espaço para que se torne um diferencial de mercado para as empresas que a implantarem.

Tags: OmniChannel | artigo | varejo | Renan Mota