CONTEÚDO

CONTEÚDO

Rappi e Meta vão apoiar mulheres empreendedoras

Rappi e Meta vão apoiar mulheres empreendedoras

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


18 de Março de 2022

O Rappi e a Meta divulgaram nesta quinta o lançamento de uma iniciativa em colaboração com o objetivo de oferecer apoio ao desenvolvimento de pequenos negócios liderados por mulheres no Brasil

Leia também: Vivo quer aumentar representatividade negra no Lollapalooza 2022

O projeto faz parte da campanha #PorElas, comandada pelo superapp, e tem a intenção de apoiar o desenvolvimento de mulheres que já empreendem ou que têm planos de empreender, além de impulsionar o crescimento de seus negócios por meio de cursos gratuitos relacionados a assuntos como empreendedorismo, comunicação digita e marketing. 

O Rappi também vai exibir as tags e banners promocionais da ação, que vão destacar na plataforma os estabelecimentos liderados por mulheres para aumentar sua visibilidade em meio aos seus clientes. 

Ainda, os usuários vão poder acessar uma seleção exclusiva de lojas de empreendedoras a partir da página inicial do app. 

De acordo com dados de janeiro de 2022 do Relatório Global Sobre a Situação das Pequenas Empresas, estudo realizado periodicamente pela Meta, apenas 19% das empresas comandadas por mulheres no Brasil informaram um crescimento nas vendas em seus negócios no decorrer do segundo semestre de 2021, ao mesmo tempo em que 31% das empresas lideradas por homens relataram ter vendido mais. 

Trata-se de apenas um recorte dos dados que surgem como consequência dos vários obstáculos enfrentados por empreendedoras na região, frequentemente desfavorecidas pelo acúmulo de afazeres profissionais e cuidados com a casa, filhos e familiares. 

“Lançar essa campanha em um período tão especial quanto o mês de março simboliza muito para o Rappi. Junto da Meta, buscamos fortalecer o protagonismo feminino na economia brasileira, oferecendo caminhos, meios e aprendizados para este grupo. Com a iniciativa #PorElas, vamos ajudar a construir um mercado mais justo e diverso”, afirma Sandra Montes, CMO do Rappi Brasil. 

As aulas, que começam em 23 março, foram elaboradas conforme as necessidades das empreendedoras e serão ministradas a cada duas semanas, durante o ano inteiro. 

Executivas do Rappi vão conduzir e oferecer aulas sobre empreendedorismo, design de marca, área jurídica, marketing de influência e outros assuntos relevantes para o público empreendedor.

Na abertura do programa, Mariam Topeshashvili, head do Turbo do Rappi Brasil, vai falar sobre empreendedorismo feminino, introduzindo o assunto com base em uma iniciativa que, sob seu comando, deu origem à vertical que mais cresce no app atualmente. 

O acesso é gratuito e ilimitado, e as aulas disponibilizadas pelo projeto serão oferecidas em formato de vídeo e vão poder ser acessadas a qualquer hora. 

O conteúdo vai ser lançado no site da Meta no modo “estreia”, que permite que o público participe e faça trocas via chat em tempo real. 

A Meta, por seu lado, vai proporcionar às empreendedoras aulas de marketing digital com conteúdos sobre o uso das plataformas Facebook, Instagram e WhatsApp voltado aos negócios, além de aulas sobre a digitalização de serviços e atendimento aos clientes. 

"Esta colaboração com o Rappi se soma a uma série de outras iniciativas da Meta de apoio a projetos liderados por mulheres, para que assim possam prosperar e ter um impacto na economia. Esse é o compromisso do #ElaFazHistória, programa global mantido pelo Facebook desde 2016 e que busca contribuir para diminuição dos efeitos da desigualdade de gênero na vida de empreendedoras”, declara Débora Nitta, Diretora de Marketing de Negócios da Meta na América Latina.

“Mais do que nunca, a iniciativa busca estar ao lado dessas mulheres, trabalhando para que oportunidades que possam ajudá-las a manter de pé os seus negócios cheguem até elas", concluiu. 

As aulas poderão ser acessadas na página do Rappi no Facebook e nas plataformas do programa Ela Faz História da Meta a partir de 23 de março. Quem se interessou na campanha, pode acompanhar mais detalhes no perfil do Rappi Brasil pelo Instagram.

Tags: Facebook redes-sociais rappi delivery meta aplicativos-de-delivery