Varejo

Um novo formato de varejo alimentar: o fast casual


12 de Fevereiro de 2020

Um novo formato de restaurante começa a aparecer no Brasil. Chamados de fast casual nos Estados Unidos, este modelo inova por apresentar um ambiente com salão, mesas e uma ambientação característica do restaurante, alimentação de qualidade, porém sem o serviço de mesa de um típico restaurante.

É um misto de fast-food. Por não ter atendimento nas mesas, a compra é feita no balcão como se estivesse em um fast-food, e com características de um casual dinning, pois o restaurante tem a sua própria área de alimentação, com mesas e toda a ambientação característica da sua marca.

Estas redes também se caracterizam por ter uma alimentação de mais qualidade com todo o preparo feito na hora. O cliente faz o seu pedido no caixa, recebe uma senha e aguarda o seu pedido nas mesas.

Este formato vem crescendo muito forte no mundo e principalmente nos EUA. As redes que mais representam este formato é o Shake Shack e a Panera Bread. É um típico modelo do mundo atual aonde se busca qualidade e praticidade sem perder a experiência e a ambientação de um bom lugar para fazer uma refeição.

Além disto ainda se agrega um bom custo benefício pois estes locais têm um ticket médio inferior aos restaurantes e não têm a cobrança do adicional de serviço, o que melhora os custos para o restaurante e diminui a conta para o cliente.

No Brasil algumas redes já começaram a atuar neste novo formato como o Bullguer e Burger Joint, e algumas redes de fast-food estão abrindo lojas também com este formato como a  Mania de Churrasco e o Spoleto.

No momento atual, em que a maioria dos shoppings estão aumento as suas áreas de alimentação e serviços, os restaurantes fast casual vem encontrando uma excelente oportunidade de crescimento no Brasil por oferecer uma refeição de qualidade com melhor custo-benefício e com um espaço fora das praças de alimentação dos shoppings.

Pelo momento do Brasil, tem tudo para crescer e dar certo, pois atende muito bem aos clientes que se alimentam nos almoços de dia de semana, aonde procuram bom custo, qualidade e rapidez, como também os clientes que fazem seus lanches no final do dia ou nas refeições de final de semana aonde se procura um ambiente mais qualificado para ter uma boa experiência junto com os amigos ou com a família.

Sem dúvida, isto irá mexer com o mercado de varejo alimentar. Vamos acompanhar a evolução do fast casual no Brasil.

Tags: Artigo|Opinião|Ensaio | Articulista – Editor | Bares e Similares (PDV) | Inovação | Promoção de Venda | Brasil | Espaço Físico | Alimentos | Fornededor do mercado promo | Gestão de Produto e Marca | Serviços | Experiência com a Marca