Esta página pode utilizar cookies.

Se dentro de campo o Palmeiras ainda não tem reforços, fora dele, o time deve anunciar em breve um dos maiores contratos de material esportivo do País. Ninguém no clube fala em números, mas dirigentes afirmam que a renovação com a Adidas até dezembro de 2014 deve colocar o time no topo do ranking em relação ao valor de acordo. Se cumprida a promessa dos palmeirenses, o contrato pode passar perto dos R$ 20 milhões.

Isso porque, esse é o valor pago pela Olympikus ao Flamengo. A Nike paga ao Corinthians cerca de R$ 15 milhões, e a Reebok fornece aproximadamente R$ 14 milhões para o São Paulo. O Palmeiras vem logo atrás, recebendo R$ 9,2 milhões da Adidas. Além do aumento de valores, essa nova parceria prevê a abertura de novas lojas pela cidade e um plano especial para o Centenário. Segundo apurou o iG, clube e fornecedora de material estão resolvendo os últimos detalhes do contrato e devem formalizar a renovação com os novos valores ainda neste ano. No novo acordo, o Palmeiras terá o direito de abrir novas franquias pelo País, algo como o que o Corinthians faz com as lojas "Todo Poderoso Timão". Além disso, um plano agressivo, com várias ações de marketing, está sendo desenvolvido desde já para o ano do Centenário do clube, em 2014. A Adidas apareceria bem mais do que apenas para estampar a camisa daqui para frente. A ideia é aumentar ainda mais o retorno que a marca tem investindo na equipe. O clube não vive o seu melhor momento dentro de campo e sua crise financeira não permite muitas exigências. A paixão do torcedor, no entanto, pesa a favor do Palmeiras. Segundo o Instituto Qualibest, o Palmeiras é o quinto clube da Adidas que mais vende camisa, perdendo apenas para os gigantes Real Madrid, Milan, Chelsea e Bayern de Munique. Vale destacar que esse patamar é alcançado praticamente com vendas no Brasil, já que a marca dos brasileiros não tem tanta exposição como os seus parceiros de patrocínio. Um bom exemplo é o sucesso das terceiras camisas lançadas pela Adidas, como a verde-limão, a azul e a que tem inspiração no rugby. Além disso, no Brasil, o palmeirense é um dos torcedores que mais gasta. Entre os homens, o time do Palestra Itália ocupa a segunda colocação, e, entre as mulheres, é o líder, com R$ 97 de gasto mensal com produtos do clube. Fonte: iG.