Este ano, o evento inclui ‘workshops’ de introdução à robótica e programação para crianças.

Google promove “Women Techmakers”

13/03/2017

No próximo sábado, dia 18 de março, será realizado no Edifício Central do UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, um encontro que une mulheres e tecnologia no “Women Techmakers”, evento promovido pela Google e co-organizado pelo Google Developer Group Porto. O evento é dirigido a mães e filhos.

O Women Techmakers visa mostrar o talento tecnológico das mulheres e apoiá-las por meio de recursos que permitam uma maior visibilidade e inovação. A criação de uma comunidade e a partilha de conhecimento entre as pessoas apaixonadas por tecnologia no Porto são, também, objetivos do movimento dirigido a mães e filhos.

A iniciativa da Google, que surgiu na cidade nortenha em 2016, regressa este ano com mais projetos e novidades, como workshops de introdução à robótica e programação para crianças dos sete aos 12 anos de idade, acompanhadas pelas suas mães.

“Nesta edição, queremos sobretudo proporcionar momentos divertidos trazendo a componente tecnológica para as brincadeiras em família. Sabemos que o tema não é explorado, e, por isso, o evento é uma excelente oportunidade de as crianças aprenderem a programar um robô ou a viverem uma experiência de realidade virtual.”, sublinha Catarina Simões, fundadora da Last2Ticket, empresa parceira da iniciativa.

A manhã do evento será dedicada a conversas que vão tocar em temas desde a IoT, sensores tecnológicos, análise de intelligent data e interação entre pessoas e máquinas.

“Queremos continuar o trabalho desenvolvido no aumento da visibilidade da comunidade tecnológica do Porto e na maior e melhor integração das mulheres na área da tecnologia. Assim, procuramos oferecer um programa e talks diferenciadoras, dinâmicas e que tragam maior fortalecimento da presença das mulheres na área tecnológica.”, explica Isabel Portugal, uma das organizadoras do Women Techmakers Porto.

A entrada no evento é gratuita, mas sujeita a inscrição na plataforma da Last2Ticket.


 


Fonte:: Adage