Bradesco renova patrocínio ao Vale da Música em Curitiba

30/10/2019


Com mais de 300 mil visitantes em um ano, projeto que mantém o único palco flutuante do país continua em 2020.

O Bradesco acaba de renovar o patrocínio ao Vale da Música, projeto que transformou o dia a dia de um dos espaços mais lembrados da cidade de Curitiba, a Ópera de Arame

Mais sobre turismo no Brasil e no Exterior aqui.

Leia também: Bradesco realiza a 2ª edição do Rugby Games.

Com apresentação do Banco e realização da Futura Fonte em parceria com a DC Set Eventos, o Vale da Música completa um ano com muito a comemorar.

Levando uma nova experiência ao público que frequenta a Ópera de Arame, já passaram pelo local mais de 300 mil visitantes, entre moradores da cidade e turistas, em aproximadamente 200 horas de shows por mês. 

Neste período, o Vale recebeu mais de 600 músicos e quase 350 bandas nacionais e internacionais no Palco Flutuante, criado especialmente para o projeto, com uma arquitetura vanguardista e que, no vai-e-vem do lago, percorreu até agora mais de 30 km.

Com cerca de quatro apresentações diárias, todas reservadas à cena instrumental e com repertório bem diversificado, que vai de MPB até música indiana, passando pelos clássicos rock, jazz e blues, o Vale da Música já contou com presenças ilustres como Aaron Liddard, saxofonista que tocava com Amy Winehouse, Amlak Tafari, consagrado baixista de reggae e que tem no seu currículo Steel Pulse, Jimmy Cliff e Ziggy Marley, entre outros grandes nomes da música instrumental mundial. 

Parada Obrigatória

Uma pesquisa realizada para avaliar a experiência do público e aprimorar a oferta de serviços concluiu que quase a totalidade de moradores de Curitiba e turistas de diversos Estados do Brasil e do Exterior que visitam a Ópera de Arame aprovaram a iniciativa e curtiram as apresentações.

Dos que já haviam visitado o teatro antes, quase 80% avaliam que o Palco Flutuante deixou a experiência mais atrativa, sendo a música o principal elemento que faz a diferença.

Cerca de 85,9% são turistas de outros Estados, prioritariamente de São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Entre os respondentes, 99% dos entrevistados acham a iniciativa do Banco positiva ou muito positiva e 83,6% apontam que ela reforça ainda mais o apoio do Bradesco à música e à cultura.

“O sucesso desse primeiro ano pode ser comprovado não só pelo número de visitantes, mas também pela satisfação do público presente. Além disso, o Vale da Música se firmou como uma grande iniciativa democrática em prol da cultura local, por isso seguiremos juntos por mais uma temporada”, afirma o diretor de Marketing do Bradesco, Márcio Parizotto.

O Banco apoia anualmente centenas de iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, incluindo o Coral de Natal do Bradesco, outro evento bastante tradicional em Curitiba.

Fonte: Redação.

TAGs: bradesco Curitiba ópera-de-arame