Em mais uma missão solidária, a Liga DogHero, formada por cães-anfitriões da DogHero (www.doghero.com.br), aplicativo de hospedagem domiciliar de pets, encantou crianças e adolescentes do Instituto do Câncer Infantil, em Porto Alegre (RS), com um show de carinho, malabarismos, piruetas e dancinhas.

Crianças do Instituto do Câncer de Porto Alegre se divertem com super cães

21/09/2017

Em mais uma missão solidária, a Liga DogHero, formada por cães-anfitriões da DogHero (www.doghero.com.br), aplicativo de hospedagem domiciliar de pets, encantou crianças e adolescentes do Instituto do Câncer Infantil, em Porto Alegre (RS), com um show de carinho, malabarismos, piruetas e dancinhas.

A segunda edição da ação foi realizada no dia 16 de setembro e teve como objetivo levar para perto das crianças um tipo de amor, muito valioso, a que elas têm pouco acesso durante o tratamento contra a doença: o dos cachorros.

“A DogHero é uma comunidade de heróis que ajuda e traz tranquilidade aos pais de cachorro quando eles precisam viajar. Mas nesse dia o foco foi outro: os cães dos heróis DogHero que ajudaram – levando muito carinho e alegria às crianças”, afirma Eduardo Baer, cofundador da DogHero.

Buda, maltês, com o superpoder Em-patinha atômica; o golden retriever Cooper e o seu poder Companhia Telepática; Jingles, vira-lata com o Olhar Biônico e Mel, cocker spaniel, com o poder da Superlambida emocionaram as crianças e suas famílias. Os pacientes puderam brincar com os cãezinhos e deixar, naquele dia, a rotina do tratamento mais leve.

Após uma rigorosa seleção, acompanhamento de psicólogo, adestrador e testes, a Liga DogHero realizou o primeiro evento em 4 de março deste ano no Asilo Padre Cacique. As duas edições, produzidas em conjunto com a agência Smile Flame, responsável por projetos como Bota no Mundo e Skate no Asilo, proporcionaram sorrisos, sensações de aconchego e felicidade aos velhinhos e às crianças que precisam tanto de atenção.

“Com essa ação pudemos provar mais uma vez que humanos e cachorros são melhores juntos, e que estamos aqui para promover esses encontros felizes”, diz Fernando Gadotti, cofundador da DogHero.


Fonte:: Redação