O Clube de Criação do Rio de Janeiro – CCRJ – está lançando o Black Box, projeto que vai abrir um canal de diálogo para abordar assuntos urgentes no mercado publicitário, como a representatividade dos negros, a desigualdade entre homens e mulheres, o preconceito e o assédio dentro das agências.

AVERA
 

CCRJ lança Black Box

04/01/2018

O Clube de Criação do Rio de Janeiro – CCRJ – está lançando o Black Box, projeto que vai abrir um canal de diálogo para abordar assuntos urgentes no mercado publicitário, como a representatividade dos negros, a desigualdade entre homens e mulheres, o preconceito e o assédio dentro das agências.

Com o formato de debate, a iniciativa acontecerá no HUB RJ, situado no Porto Maravilha, e contará sempre com a presença de profissionais com olhares complementares. Na primeira edição, o tema será “Representatividade: o negro na propaganda”, com participação de Spartakus Santiago (youtuber e diretor de arte), Marcela Cabral (Coletivo Az Pretaz) e Igor Hermes (diretor de arte da Artplan).

O Black Box é mais uma iniciativa que segue o posicionamento de `democracia criativa´ assumida pelo Clube de Criação do Rio de Janeiro. Acreditamos que colocando esses assuntos em pauta para debate o mercado sai fortalecido. A ideia é escutar o que é dito na caixa preta para entender, aprender e evitar novos desastres”, explica Pedro Portugal, presidente do CCRJ e diretor de Criação da Wide.

Restrito a 50 pessoas, a Primeira edição do CCRJ Black Box já acontece dia 25 de janeiro. O evento é gratuito e as inscrições podem ser feitas através do e-mail [email protected]


Fonte:: Redação