Mercado Jovem aposta no "Projeto Verão no Clima"

03/12/2018


Integrar marcas à vida off-line dos consumidores e engajá-los de maneira positiva é um dos grandes desafios das empresas nos últimos anos.

Com esse propósito, campanhas de ativação de produtos visam cada vez mais impactar o público-alvo de maneira indireta participando de projetos como causas sociais, sustentáveis ou de conscientização.

A Mercado Jovem, agência de live marketing, por exemplo, aposta pela segunda vez no Projeto Verão no Clima. Trata-se de uma realização da Secretaria do Meio Ambiente do Governo do Estado de São Paulo.

“O objetivo do Projeto é provocar uma mudança de hábitos de consumo. É mais do que educar a não sujar, é incentivar o consumo consciente. Para apoiar o projeto buscamos empresas apoiadoras com esse perfil, pois não se trata de uma mera ativação, e sim um engajamento com a temática que está em alta onde seus consumidores estarão. São muitas opções para ativação de marcas: além das propriedades de patrocínio, ainda formatamos, junto com as empresas apoiadoras, as campanhas de ativação. Cada projeto é único e exclusivo. Para este ano já estão em andamento projetos com a utilização de guarda-sóis, carrinhos de ambulantes, ações nas corridas e caminhadas, nas sessões de cinema e muitas atividades com a natureza como protagonista.”, explica Rodrigo Clemente, fundador da Mercado Jovem.

Projeto Verão no Clima 2019

O Projeto Verão no Clima 2019 faz sucesso de Norte a Sul do litoral paulista. Inicialmente, o projeto chamava-se Operação Praia Limpa, uma campanha de educação ambiental que tinha como mote a mudança do hábito do descarte de lixo nas areias das praias, mas ao passar a tratar de ações de educação ambiental de forma mais ampla, ganhou um novo nome.

Porém, do ano passado para cá, com a participação da Mercado Jovem, passou a ter toda uma programação especial com foco em conscientização ambiental e na mobilização da população rumo a hábitos adequados de consumo.

Agora, o projeto busca sensibilizar a sociedade para a questão das mudanças climáticas, provocadas principalmente pelo mau uso que as pessoas fazem dos recursos naturais, da poluição atmosférica, do desmatamento e da geração excessiva de resíduos – em especial do lixo no mar, que impacta diretamente a biodiversidade marinha. E esta é uma demanda planetária, uma vez que o aquecimento global é uma ameaça a todas as espécies, inclusive o homem.

O Projeto Verão no Clima 2019 engloba 16 municípios, de Cananéia a Ubatuba, o que corresponde a ações em 75 praias e 800 km de areia. As ativações começam no dia 04 de janeiro de 2019 e vão até 06 de março, sempre de sexta-feira a domingo. No total, serão 30 dias de muitas ações de conscientização ambiental.

Para viabilizar o projeto, a Mercado Jovem conta com o apoio de empresas como o grupo Heineken no Brasil, que também marcou presença no ano passado com ações como conscientizar os vendedores ambulantes a atuarem como mensageiros de mudanças comportamentais.

Por se tratar de um projeto em pleno verão, há também uma preocupação em incentivar a prática de esportes. Serão realizadas também 10 corridas de 7km, 9 caminhadas de 3km e diversas trilhas em cada uma das 16 cidades participantes. Nesta edição do projeto, os monitores apresentarão suas ações educativas em “ecotainers”, com estrutura metálica planejada especialmente para a ocasião.

Os “ecotainers” foram arquitetados com teto verde (de plantas) para promover isolamento térmico, ventilação cruzada para conforto térmico, pintura especial com nanotecnologia para diminuição da temperatura interna, mobiliário construído em pallet e OSB e usam energia sustentável, o que possibilita a dispensa no uso de geradores.

“Nos ecotainers, há muitas possibilidades para as marcas que desejarem apoiar o Projeto, são as cotas de apoio que dão direito ao espaço para as ativações. Haverá nesses espaços também atividades educativas, trazendo ainda mais alternativas para os apoiadores.”, comenta Rodrigo.

 

Fonte: Redação.