Wappa faz ação social em prol da Cruz Vermelha

29/01/2019


Usuários corporativos ou pessoa física de São Paulo (SP) poderão deixar os materiais escolares em táxis ou carros particulares credenciados em corridas iniciadas pelo app.

A volta às aulas se aproxima, e, para arrecadar materiais escolares para alunos de comunidades carentes, a Wappa irá mobilizar uma base de cerca de 500 mil usuários e mais de 30 mil motoristas credenciados - entre táxis e carros particulares - em São Paulo (SP) para se engajarem nesta causa.

A ação de marketing social é idealizada pela empresa do setor de transporte corporativo, presente no mercado há mais de 15 anos, e com operação para pessoas físicas desde agosto de 2018 - em parceria com a Cruz Vermelha Brasileira e ocorre até 24 de fevereiro somente na Capital paulista.

Para convocar os passageiros cadastrados - tanto de sua base corporativa como pessoas físicas - a abraçarem a iniciativa, a Wappa lançará mão de recursos tecnológicos, como notificações por push via aplicativo, SMS e e-mail marketing, além de oferecer um desconto de 30% em uma corrida com o código VOLTAASAULAS.

O código é válido para corridas em táxis ou carros particulares credenciados até o dia 24 de fevereiro, às 23h59, e está sujeito à disponibilidade.

A ideia do código é servir como alavanca para incentivar os usuários a fazerem doações. A Cruz Vermelha Brasileira também irá comunicar ativamente a sua base de parceiros por meio de seus canais sobre a campanha.

"Educação é o ponto de partida para um Brasil melhor e a escola é a base. Este discurso é fortemente disseminado, mas precisamos de iniciativas práticas que estimulem as crianças e jovens a, de fato, estudarem e se prepararem para o futuro. Muitos alunos sequer possuem materiais básicos, como livros didáticos, cadernos, lápis, canetas ou outros acessórios que são fundamentais para esta preparação e é por isso que, de uma maneira criativa e utilizando o motor do nosso negócio, que é o transporte urbano, idealizamos essa campanha junto com uma instituição de credibilidade, como é a Cruz Vermelha.", explica Armindo Mota Junior, CEO e fundador da Wappa.

A arrecadação será feita pelos motoristas Wappa e em corridas iniciadas pelo aplicativo da empresa. Os materiais arrecadados serão transportados pelos próprios motoristas até a sede da Cruz Vermelha Brasileira, localizada na Zona Sul de São Paulo (SP), pelo menos duas vezes por semana.

Além do pagamento sobre as corridas solidárias, os taxistas recebem da Wappa um kit especial.

Para a Cruz Vermelha Brasileira, a parceria com a Wappa "É uma grande oportunidade, não apenas para contribuir com a educação de jovens e crianças, mas para fortalecer nossa marca entre os clientes da empresa. Nossa missão como instituição é ajudar, e, para isso, precisamos da ajuda do maior número de pessoas que se identifiquem com o trabalho que desenvolvemos há 110 anos no Brasil.", destaca o presidente da instituição, Julio Cals.

A doação do total de materiais arrecadados em parceria com a Wappa será feita em evento próprio da Cruz Vermelha Brasileira em sua sede para distribuir a entidades e escolas parceiras.

Fonte: Redação.