Corona e Parley se unem para combater o plástico nos oceanos

19/02/2019


No mundo, o projeto já retirou mais de 1.500 toneladas de lixo de praias de 15 países, envolvendo 7 mil voluntários.

A cerveja Corona anuncia, em parceria com a Parley for the Oceans, o lançamento no Brasil de um projeto global voltado a combater os plásticos nos oceanos.

Leia também: Empresas de plástico se unem em prol do meio ambiente.

Leia também: União Europeia decide banir plástico descartável.

A iniciativa envolve uma série de ações multidisciplinares para conscientização e mobilização da sociedade contra a ameaça que o plástico representa para os mares e para as praias brasileiras.

O projeto global Corona x Parley, que chega agora ao Brasil, foi lançado em 2017 e já recolheu mais de 1.500 toneladas de lixo plástico de praias de 15 países, engajando e impactando 7 mil voluntários.

As ações se baseiam em três grandes pilares: evitar o uso de plásticos; interceptar e recolher esses materiais nas praias; e recriar produtos a partir dos rejeitos plásticos.

No Brasil, ao longo de 2019, Corona e Parley realizarão mais de 20 limpezas de praias e diversas campanhas e iniciativas de conscientização e de mobilização para combater o lixo nos oceanos.

“O lançamento desse projeto global no Brasil reforça a preocupação de Corona com a questão ambiental. Optamos por iniciar o trabalho em Fernando de Noronha por conta da importância desse paraíso natural e do movimento que já acontece na ilha para acabar com o uso e a comercialização de itens plásticos”, afirma Bruna Buás, diretora de Marketing de Corona.

“A cerveja Corona convida as pessoas a aproveitar a vida junto à natureza e, principalmente, ao mar. Mas, para isso, entendemos que precisamos proteger os oceanos e queremos mobilizar os brasileiros para que possamos, juntos, fazer uma real diferença no combate aos plásticos nos mares.”, acrescenta Bruna.

“A aliança de Corona e Parley é muito importante para educar e conscientizar a comunidade e representa um grande exemplo para as novas gerações. Precisamos que as pessoas e as companhias despertem para esse tema da poluição dos plásticos nos oceanos e comecem a trabalhar juntas na preservação do meio ambiente. Para gerar uma mudança, precisamos unir forças.”, afirma Ramon Navarro, embaixador de Corona x Parley.

A primeira grande ação aconteceu no domingo (17 de fevereiro), com um mutirão para limpar algumas praias na Ilha de Fernando de Noronha, palestras de conscientização sobre a causa para mais de 100 pessoas, além de promover uma ação voltada a acelerar o fim do uso de plástico entre os comerciantes, moradores e visitantes da Ilha, trocando canudos, copos e sacos de plástico desses estabelecimentos por itens sustentáveis.

Para incentivar a participação, o surfista Gabriel Medina – que é embaixador de Corona e agora do projeto – gravou vídeos para suas redes sociais, divulgando, de forma espontânea, a marca e os produtos de estabelecimentos que aderiram à campanha CoronaxParley. Com isso, em apenas um final de semana, 119 quilos de lixo deixaram de chegar ao mar.

“Como um apaixonado pelo mar e embaixador de Corona, espero poder contribuir para a conscientização e a mobilização da população brasileira para a importância do combate à poluição dos plásticos nos oceanos. Este representa um problema grave e que precisa ser rapidamente revertido, se quisermos garantir a preservação dos paraísos naturais no Brasil.”, afirma Gabriel Medina, bicampeão mundial de surf.

Fonte: Redação.

TAGs: