Normalmente uso este espaço para textos meio atemporais (se é que algo atemporal pode ser meio atemporal), daqueles que se lidos em alguns meses vão continuar valendo.

A AMPRO e o amadurecimento do nosso mercado

06/12/2017

Normalmente uso este espaço para textos meio atemporais (se é que algo atemporal pode ser meio atemporal), daqueles que se lidos em alguns meses vão continuar valendo.

Faço isso por vários motivos, sendo um deles a possibilidade de quem não o lê hoje por falta de tempo, ler na próxima semana (quem sabe). Mas hoje é diferente, ou meio diferente.

Ontem meu amigo e colega de Promoview, Tony Coelho, com um artigo chamado “Continuidade sim. Continuísmo é que não“, escreveu sobre a continuidade do trabalho do Wilson e do Célio à frente da AMPRO. Sei que meu artigo é publicado dia seguinte ao dele, mas o tema merece atenção frente a importância da associação para o nosso setor.

Você e eu temos acompanhado o amadurecimento da AMPRO nos últimos anos. Quando a conheci seu presidente era o Guilherme de Almeida Prado, profissional corretíssimo e sério, que me apresentou uma associação em crescimento. Na presidência do Kito Mansano, a quem sou grande admirador, vi uma AMPRO mais jovem, guerreira e transformadora, que certamente ajudou a moldar o mercado atual de forma decisiva. Agora, na gestão do Wilson e do Célio, vejo uma associação que se firma em terreno sólido, que ajuda a organizar ainda mais este mercado tão dinâmico e vivo.

Por conta deste amadurecimento perceptível, fico feliz em ver a AMPRO em boas mãos, não só na liderança, mas em todo o seu time. Tendo a oportunidade de conhecer seus profissionais, entendo o motivo de tanto crescimento. Gente séria, batalhadora e que veste a camisa por um mercado melhor. Falo tanto dos profissionais que atuam ali, dia a dia, como também os que dedicam parte do seu tempo para tornar nosso mercado mais correto, profissional e eficiente.

Parabéns para AMPRO pela trajetória,
Ao seu time pelas entregas do dia a dia.

João Riva

E para nós, do mercado, que contamos com gente desta qualidade.
 


Fonte:: João Riva