Facebook criará comitê para avaliar postagens

31/01/2019


Rede social terá estrutura independente responsável por proteger a plataforma de discursos de ódio, notícias falsos e outros temas delicados.

O Facebook revelou que está montando um conselho externo independente que terá autoridade para regular os tipos de postagens permitidas.

Confira as últimas novidades sobre marketing digital aqui.

Leia também: Facebook deve integrar Instagram, Messenger e WhatsApp.

É uma tentativa de isolar a plataforma de questões mais espinhosas a respeito do conteúdo postado, estabelecendo novas políticas sobre mensagens com discursos de ódio, nudez e outros assuntos delicados.

O anúncio, feito na segunda-feira, 28 de janeiro, revela que o novo comitê tomará as “Difíceis decisões a respeito do tipo de conteúdo que poderá ser mantido e de quais deverão ser retirados”, de acordo com a rede social.

O Facebook declarou que obedeceria às novas regras estabelecidas pelo Conselho, a menos que houvesse ramificações legais. “O comitê poderá mudar as decisões do Facebook a respeito da permissão ou da remoção das postagens na plataforma. O Facebook aceitará e implementará as decisões do board.”, prometeu a empresa.

O exato poder desse board nas estratégias da rede social ainda não foi bem detalhado. Não está claro, por exemplo, se o grupo também irá tomar decisões a respeito das contas banidas ou se apenas irá supervisionar as postagens.

O Comitê, que se acordo com a rede social será montado até o fim do ano, será formado por aproximadamente 40 pessoas especializadas em assuntos como liberdade de expressão, direitos civis, privacidade, jornalismo e outros temas relacionados, de acordo com a rede social.

No ano passado, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg e a COO, Sheryl Sandberg testemunharam separadamente perante o Congresso e responderam a questões a respeito da forma como a rede social classifica seu conteúdo.

Fonte: AdAge.