Canal
Varejo

Snoopy celebra 70 anos reunindo suas tirinhas clássicas

Por: Redação. 8 de Outubro de 2020

Snoopy completou 70 anos este mês, e, portanto, a Editora Planeta DeAgostini celebra a vida longa do famoso beagle lançando uma coleção especial.

Snoopy, Charlie Brown & Friends – A Peanuts Collection reúne as clássicas tirinhas dominicais datadas entre os anos 50 até os 2000 em 61 livros.

As últimas novidades do varejo. Confira aqui

Leia também: Boulevard BH celebra o mês das crianças com Snoopy e sua turma.

Além das tirinhas, a coleção também conta com textos exclusivos e prólogos escritos por Alexandre Boide e Érico Assis, ambos especialistas na vida e carreira de Charles M. Schulz, criador do Snoopy. 

Sem contar um fascículo que acompanha o primeiro livro, com curiosidades sobre o universo dos quadrinhos protagonizados pelo personagem e sua turma.

Cada livro reúne tirinhas lançadas em um determinado ano. Por exemplo, o primeiro a ser lançado reúne tirinhas lançadas apenas em 1967, enquanto que o segundo, as lançadas em 1968 e assim por diante. 

Todos os 61 livros da coleção que celebra os 70 anos de Snoopy não serão lançados de uma só vez. Eles serão divididos em grupos (chamados de Edições) de nove ou dez livros.

A Edição 1, que contém dez livros com tirinhas lançadas entre 1967 e 1976, já está disponível no site da editora. Como será a Edição 2? Será que reunirá as primeiras e mais raras historinhas lançadas nos anos 50? Fica a curiosidade. 

As tiras de jornal estreladas por Snoopy, que celebra seus 70 anos este mês

Ao migrar de Mineápolis, sua cidade natal, para Nova York em 1950, Charles M. Schulz, que já tinha um portfólio com tiras de outros personagens, apresentou seu então mais novo projeto em uma reunião com outros cartunistas na United Feature Syndicate

No dia 2 de outubro daquele ano, era publicado pela primeira vez na história as tiras de Snoopy e sua turma. 

A repercussão das tiras foi tão boa que elas foram publicadas simultaneamente em sete jornais americanos, além de ganharem traduções para os jornais de outros países, incluindo o Brasil. 

Com o sucesso das tiras, a turma do Snoopy foi transformada em desenho animado em 1965, sendo o primeiro um especial de Natal para a TV, A Charlie Brown Christmas (O Natal de Charlie Brown).  

A partir daí, a popularidade do Snoopy se tornou maior e o famoso beagle passou a ganhar séries animadas para a televisão, filmes para o cinema e produtos licenciados como roupas, produtos de higiene pessoal e material escolar. 

Em 2000, Schulz teve que parar seus trabalhos por conta do Mal de Parkinson que sofria em seus últimos anos. Ele mesmo admitia que seus tremores eram desagradáveis e tinha que se segurar no canto da mesa com a outra mão para ter mais firmeza na hora de desenhar.

Toda essa dificuldade pode ser observada nos traços desenhados em suas últimas tiras. 

Um mês após anunciar o fim das publicações das tiras do Snoopy nos jornais, Charles M.Schulz faleceu aos 77 anos. 

Tags: varejo | Snoopy | coleção de livros do Snoopy