Canal
Turismo

Teleférico vai impulsionar turismo religioso no RN

Por: Redação. 23 de Outubro de 2020

O Rio Grande do Norte deu mais um passo para se consolidar na rota do turismo religioso do Nordeste. 

O complexo turístico de Santa Rita de Cássia, na cidade de Santa Cruz, a cem quilômetros de Natal, já conta com a maior imagem católica do mundo, com 56 metros de altura. Agora terá um teleférico, o que tende a tornar o destino mais atrativo.

Mais sobre turismo no Brasil e no Exterior aqui.

O município recebeu os bondinhos e os demais equipamentos que vão viabilizar o teleférico que levará do Centro da cidade ao pátio da Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia, e, consequentemente, ao pé da estátua, que fica em região elevada.

O maquinário, com cerca de 78 toneladas, embarcou na Suíça e foi levado a Santa Cruz em carretas que saíram do porto de Salvador. 

A aquisição do teleférico envolveu licitação internacional e investimento de cerca de R$ 14 milhões. Após iniciado o processo de montagem, a previsão é de que os bondinhos entrem em operação até final de 2021.

Com a construção da imagem de Santa Rita de Cássia, Santa Cruz se transformou. Ganhou pousadas e restaurantes, além de capacitação e qualificação constantes de sua mão de obra. 

Todas as empresas que atuam no turismo receptivo de Natal fazem bate e volta para lá e várias agências de cidades do Interior do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco programam excursões para Santa Cruz, com foco na religiosidade.

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB), idealizador do complexo turístico de Santa Rita de Cássia desde a época em que foi prefeito da cidade, disse que o teleférico, somando-se ao santuário de Santa Rita de Cássia, deverá atrair visitantes de todo o mundo, fortalecendo o turismo e gerando emprego e renda para a população. 

“Este foi um sonho que hoje se torna realidade. Acredito que o santuário e a implantação do teleférico são os principais projetos em favor do turismo norte-rio-grandenses nos últimos dez anos.”, explica o parlamentar. 

 

Tags: turismo | turismo no RN | turismo religioso