Canal
Turismo

MSC adota novas medidas para o retorno dos cruzeiros

Por: Redação. 5 de Agosto de 2020

A MSC Cruzeiros desenvolveu um protocolo sanitário abrangente para proteger a saúde e segurança dos hóspedes, da tripulação e das comunidades locais onde os navios vão atracar. 

Uma força-tarefa dedicada, com a colaboração de especialistas médicos externos, desenvolveu novos procedimentos operacionais específicos da companhia, que vão além das diretrizes regionais e nacionais vigentes e abrangem todos os aspectos da jornada do hóspede, desde o momento da reserva até o retorno para casa.

Mais sobre turismo no Brasil e no Exterior aqui.

Leia também: Turismo x Covid-19: Entidades do setor solicitam medidas de combate à crise.

Os novos protocolos incluem testes universais de Covid-19 para todos os hóspedes e tripulantes antes do embarque, visitas em terra protegidas e a apresentação de um plano de proteção ao Covid-19. 

Conheça os principais pilares da MSC Cruzeiros para prevenir e mitigar o risco de transmissão durante uma viagem:

1. Triagem universal de saúde: Antes do embarque, os hóspedes deverão preencher um questionário de saúde, realizar um teste para o Covid-19 e medir a temperatura. Dependendo dos resultados, será realizada uma triagem de saúde ou testes secundários. Qualquer hóspede que testar positivo ou apresentar sintomas terá o embarque negado. Os tripulantes também serão testados antes do embarque e regularmente durante o contrato.

2. Limpeza e higienização: Novos métodos de limpeza com o uso de produtos desinfetantes de nível hospitalar e higienização do ar com a tecnologia de luz UV-C, que mata 99,97% dos micróbios.

3. Distanciamento social: Será feito por meio da redução para 70% da capacidade geral de hóspedes, da redução de capacidade das áreas comuns e da modificação das atividades a bordo. Além do check-in digital, os hóspedes poderão acessar o cardápio dos bares e restaurantes por meio do QR code. Quando o distanciamento social não for possível, os hóspedes deverão usar máscara facial, que será fornecida diariamente na cabine.

4. Serviços médicos aprimorados: O navio terá uma equipe qualificada e treinada e todos os equipamentos necessários para testar, avaliar e tratar pacientes com suspeita de Covid-19. Também serão disponibilizadas cabines dedicadas para permitir o isolamento de quaisquer casos suspeitos.

5. Monitoramento contínuo da saúde: Os hóspedes e a tripulação terão sua temperatura verificada diariamente, quando retornarem dos passeios ou em estações dedicadas pelo navio. Durante esta fase inicial das operações, os hóspedes só desembarcarão fazendo parte de uma excursão organizada pela MSC Cruzeiros a fim de garantir que os transfers estejam higienizados adequadamente e que haja o distanciamento social.

6. Plano de contingência: Será aplicado se um caso suspeito for identificado, em cooperação com as autoridades nacionais de saúde. O caso suspeito e os contatos próximos seguirão as medidas de isolamento e podem ser desembarcados com as regulamentações locais e nacionais.

Retomada da MSC Cruzeiros no Mediterrâneo 

A MSC Cruzeiros está se preparando para um possível reinício neste verão do Hemisfério Norte no Mediterrâneo. Enquanto a companhia aguarda as aprovações finais, dois navios estão sendo preparados: o MSC Grandiosa, que oferecerá cruzeiros de sete noites no Mediterrâneo Ocidental; e o MSC Magnifica, que navegará no Mediterrâneo Oriental. 

As datas exatas de partida serão determinadas de acordo com as diretrizes recebidas pelas autoridades. Os itinerários incluem Grécia e Malta, onde as autoridades não apenas reabriram seus portos para cruzeiros, como também aprovaram o protocolo de saúde e segurança da companhia.

Nesta fase inicial da retomada das operações, os navios receberão apenas residentes nos países do Espaço Schengen. Os hóspedes a bordo dos dois navios terão o aplicativo MSC for Me, que pode ser usado para reservar serviços antes e durante o cruzeiro, além de gerenciar suas atividades diárias a bordo.

Para oferecer ainda mais tranquilidade, a MSC Cruzeiros apresentou um novo plano de proteção ao Covid-19, que cobrirá o hóspede em caso de contágio antes da partida, durante o cruzeiro com despesas médicas e após a viagem, caso ele fique doente. 

Tags: turismo | Coronavírus | Covid-19 | MSC Cruzeiros | protocolos de segurança da MSC Cruzeiros | retorno dos cruzeiros da MSC