Canal
Regional

Verão Arte Contemporânea completa dez anos

Por: Assessoria. 7 de Janeiro de 2016

O Verão Arte Contemporânea (VAC) 2016 completa dez anos e traz 41 atrações em 21 espaços de Belo Horizonte, entre os dias 8 de janeiro e 5 de fevereiro. Espetáculos de dança e teatro, música, artes visuais, cinema, literatura, arquitetura, moda e gastronomia estão na programação.

“Nestes 10 anos a proposta se ampliou, novas áreas foram incluídas na programação que vem mantendo o caráter de diversificação da manifestação artística, expressando a pluralidade de informações culturais própria da contemporaneidade.", reforça Ione de Medeiros, idealizadora e curadora do evento.

Foto: Divulgação.

"Com este objetivo, mais uma vez o VAC irá reunir nove áreas, mostrando suas obras e projetos mais recentes, em conexão com sua essência.”, reforça Ione de Medeiros, idealizadora e curadora do evento.", complementa Ione.

Para ela, a iniciativa ao longo de uma década vêm mantendo seu foco sobre a arte contemporânea, priorizando artistas e grupos de Minas Gerais, voltados para a pesquisa e experimentação nas artes,  sem deixar de abrir espaço para artistas de outros estados e países, com o intuito de expandir o intercâmbio entre os criadores.

A décima edição do VAC insere novidades na programação, que poderão ser observadas já na abertura. Denominado Ora (direis) ouvir estrelas, o evento presta homenagem ao poeta Olavo Bilac e será realizado em dois espaços públicos: o lago do Parque Municipal de Belo Horizonte e o Teatro Francisco Nunes. Serão duas sessões.

No palco do Teatro Francisco Nunes, o quarteto de cordas Ricercar irá executar dois Contrapontos da Arte da Fuga de Bach junto com imagens em vídeo de obras do arquiteto Frank Gehry e do pintor Mark Rothko. e a Cia. Sesc de Dança também irá apresentar coreografias revestidas de roupagens neo-clássicas com músicas de Bach e Prokofiev.

O gestor do Memorial Minas Gerais Vale, Wagner Tameirão, que é parceiro do VAC há quatro anos, acredita que a movimentação de público suba de dez para 12 mil pessoas por mês no local. Para ele, o evento traz vida cultural intensa a Belo Horizonte nos meses de janeiro e fevereiro e a proposta se adequa aos novos tempos e à arte contemporânea.

O VAC é idealizado e realizado pelo Grupo Oficcina Multimédia (GOM). Esta edição é apresentada pela Fundação Municipal de Cultura e patrocinada pela Oi, BDMG Cultural e Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, tem a parceria do Sesc e divulgação da TV Globo Minas.

Tags: