Canal
Regional

Shopping Estação Goiânia estimula conscientização sobre doação de orgãos

Por: Redação 7 de Junho de 2016

Os anos 80 marcaram as pessoas que viveram aquela década, seja na música, na moda ou em produções culturais, tornando verdadeiros ícones artistas como Madonna e a banda Legião Urbana, algumas peças publicitárias como a famosa Compre Batom, ou produtos como o videogame Atari e os Chicletes Ploc. Assim foi também a famosa coleção de figurinhas Amar é..., que trazia um charmoso casalzinho romântico acompanhados de diversas mensagens de amor e afeto. Inspirada na peça e com o objetivo de estimular a solidariedade, a compaixão e o amor ao próximo neste Dia dos Namorados, o Shopping Estação Goiânia, em parceria com a Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos e Tecidos do Estado de Goiás (CNCDO-GO), realiza a campanha Amar É... Contribuir Para que Outras Pessoas se Apaixonem.

A Central de Transplantes estará com um estande no shopping dia 12 de junho, das 8h às 12h, distribuindo material informativo e esclarecendo dúvidas sobre a doação e o transplante de órgãos, proporcionando ainda informações sobre os aspectos jurídicos, éticos, operacionais e de logística da doação. Aproveitando o ensejo da data, o centro de compras quer incentivar o romantismo entre os visitantes estimulando a criação de mensagens autorais de amor e carinho em continuidade à frase Amor é... “Buscamos sempre apoiar eventos que contribuam para a melhoria da vida da população, em especial este, que tem como objetivo maior salvas vidas, estimular nas pessoas o desejo de ser um doador e esclarecer todas as dúvidas que o público possa ter sobre o processo”, afirma a gerente de marketing do Shopping Estação Goiânia, Carolina Pajaro.

Todas as questões referentes à doação e aos transplantes de órgãos e tecidos, em geral, envolvem discussões polêmicas, mitos e desconhecimento sobre o assunto, que resultam em um número ainda muito pequeno de doações diante da extensa fila de pacientes à espera de um órgão. De janeiro a abril deste ano, a Central de Transplantes de Goiás realizou 16 captações de medula óssea, 32 de rins e 295 de córneas. Até abril, a fila de espera tinha 1.088 pessoas, sendo que 716 esperavam uma córnea, 364 um rim, uma aguardava um coração e outras seis por um pâncreas/rim.

Os pacientes que precisam de um transplante são inseridos no Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde, que procura doador compatível. Para ser doador não é necessário deixar nada por escrito, mas é fundamental comunicar à família o desejo da doação.

Tags: Centro Oeste (Brasil) | Shopping | Responsabilidade Social