Canal
Regional

Rock in Rio 2017 pode ser o último no Brasil, revela idealizador do evento

Por: Redação 20 de Julho de 2017

A marca Rock in Rio pode se ausentar do Brasil nos próximos anos e focar nas edições internacionais do festival – como em Lisboa e Las Vegas. O empresário Roberto Medina, idealizador do evento, revelou sua insatisfação com o país – em diversos níveis – em entrevista à revista Veja Rio.

“Vou dizer uma coisa que nunca disse a ninguém: se nada mudar neste país, esse será meu último Rock in Rio. Não faz sentido ficar aqui. E não é para ir para Portuga, é para sair daqui. 

Não consigo convivercom tanta incompetência, tanta falta de cidadania. Às vezes me sinto sozinho. O que a gente tem de fazer, todos nós, é reinvindicar mudanças, ajudar e resolver a questão de segurança pública pra valer. É difícil, mas temos que tentar”, declarou.

Roberto Medina está envolvido com um projeto em colaboração com a prefeitura para o setor de turismo e eventos, com intenção de fazer o Rio de Janeiro reagir à crise econômica nacional. 

Ele defende que a cidade tenha um grande evento por dia – para movimentar melhorias em turismo, economia, segurança, além da cultura. “Um estudo recente da Fundação Getulio Vargas revelou que o Rock in Rio injeta 1,2 bilhão de reais na economia. 

A mesma pesquisa mostra que, se você acrescentar um dia à permanência dos turistas no Carnaval e no réveillon e montar um calendário estruturado de eventos, nossa receita anual com turismo pode aumentar em 20%, coisa de 6,5 bilhões de reais”, pontua.

Tags: Sudeste (Brasil)