Canal
Regional

Projeto Floripa Apps forma a primeira turma

Por: Assessoria. 17 de Dezembro de 2015

A primeira turma do projeto Floripa Apps, formada por jovens entre nove e 12 anos de idade da Lagoa da Conceição, concluiu o curso no dia 12 de dezembro, em Florianópolis.

Seis crianças e adolescentes de baixa renda desenvolveram três novos aplicativos para smartphones: Game Store, Ótima Viagem e Guia Turístico da Lagoa. Os apps foram criados durante a oficina, realizada pelo Comitê para Democratização da Informática (CDI) de Santa Catarina.

Foto: Divulgação.
Heitor Blum S. Thiago, presidente do CDI-SC, Beatriz Campos e Celso Antunes Duarte,
professores da oficina, e a turma da Lagoa Conceição.

O Game Store mostra os melhores jogos educativos, novidades e lançamentos. O segundo aplicativo, Ótima Viagem, é feito para aqueles que utilizam as linhas de ônibus da Lagoa da Conceição e apresenta os horários do transporte público da região, seus itinerários e dicas de livros para ler durante o percurso.

Já o Guia Turístico da Lagoa indica os principais restaurantes e os horários de funcionamento, além da localização de hotéis.

O projeto Floripa Apps, iniciado em setembro, foi vencedor do edital FloriCriança, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Florianópolis. A proposta do curso era estimular os jovens a criarem aplicativos baseados nas necessidades das comunidades.

“Eles aprendem a partir da reflexão sobre a realidade em que vivem e assim constroem algo que ajudará a mudar essa realidade.”, explicou a coordenadora pedagógica do CDI-SC, Cleusa Regina Kreusch.

Além dos jovens da Lagoa da Conceição, mais duas turmas dos Ingleses se formaram nesta semana. São mais 13 crianças e adolescentes, entre nove a 14 anos de idade, beneficiados pelo projeto.

A formatura das turmas ocorre no Casarão da Cultura e Cidadania, nessa quinta-feira (17/12). Durante a cerimônia, os aplicativos serão apresentados para o público.

O Floripa Apps continua no próximo ano. A proposta é atender 100 jovens de comunidades de baixa renda da Capital catarinense.

As organizações interessadas em implantar o projeto devem entrar em contato com o CDI-SC pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (48) 3322-2020. 

Tags: