Canal
Regional

Ópera de Mozart estreia na tela do Cine Líbero Luxardo

Por: Fundação Cultural do Pará 18 de Janeiro de 2016

Unir duas grandes artes é a nova proposta do Cine Líbero Luxardo, que integra os espaços culturais do Centur. Após firmar parceria com a distribuidora “BonFilm”, o espaço oferecerá ao público a exibição de óperas.

O projeto, intitulado “Ópera na Tela”, começará no dia 19 de janeiro e prosseguirá até junho com sessões mensais. A estreia será com “A Flauta Mágica”, consagrada obra de Wolfgang Amadeus Mozart. Os ingressos custam R$10,00 (com meia-entrada).

Foto: Divulgação.

Com o projeto, o Cine Líbero Luxardo tem a disposição um catálogo com 13 óperas, todas com reconhecimento internacional. Dessas, seis serão selecionadas para exibição neste primeiro semestre.

“Os ingressos esgotam muito rápido quando tem algum festival de ópera em Belém. Percebemos esse interesse das pessoas e, pela beleza dessas produções, decidimos disponibilizar ao grande público algumas das mais importantes do mundo, em um espaço cultural acessível.”, informa Paulo Barreto, gerente do Cine Líbero Luxardo.

O catálogo de peças, que inclui “O Barbeiro de Sevilha” e “Os Pescadores de Pérolas”, é fruto de uma mostra inédita e com circulação nacional, totalmente dedicada à ópera, que exibe o melhor da temporada europeia recente, também denominada “Ópera na Tela”. A iniciativa visa apresentar a cultura lírica e incentivar a democratização dessa linguagem de encenação e música, no cenário mágico do cinema.

Composta por Mozart (1756-1791), com libreto de Emanuel Schikaneder, a ópera que será exibida no Cine Líbero Luxardo tem a regência do maestro Sir Simon Rattle, direção de Robert Carsen e filmagem de Olivier Simonnet. Além disso, a apresentação conta com a Filarmônica de Berlim e o Coro Rádio de Berlim.

Tags: