Canal
Regional

Oi Futuro doa livros da "Coleção Arte & Tecnologia" para a Prefeitura de Gravataí

Por: Diretoria de Comunicação Corporativa Oi 19 de Fevereiro de 2016

“Coleção Arte e Tecnologia” documenta as obras de artistas brasileiros e estrangeiros que usam a tecnologia em seus trabalhos.

A Oi, por intermédio do Oi Futuro, seu instituto de responsabilidade social, realizou a doação de 200 livros da Coleção Arte & Tecnologia para a Prefeitura de Gravataí/RS. A entrega da coleção ocorreu na tarde desta quinta-feira (18/2), na Prefeitura Municipal de Gravataí e contou com a presença do prefeito Marco Alba, da diretora-presidente da Fundação Municipal de Arte e Cultura (Fundarc), Fernanda Fraga, do secretário Geral de Governo, Luiz Zaffalono, do Representante de Relações Institucionais da Oi no Rio Grande do Sul, Jaime Borín e do Gerente Corporativo RS, Lairto José dos Santos (fotos).

O prefeito Marco Alba destacou a importância do projeto executado em nível nacional pela Oi, o que demonstra o comprometimento da empresa com cultura e educação. “Ficamos muito contentes com a escolha de Gravataí para realização da doação. O material estará acessível à população gravataiense e será muito útil para o aprendizado. A educação é prioridade para a administração municipal”.

O representante de Relações Institucionais da Oi no Rio Grande do Sul, Jaime Borín, ressaltou que Gravataí é a quarta cidade do Rio Grande do Sul a ser contemplada pelo projeto, que atua em nível nacional. “Esta é uma coleção ímpar, com títulos sobre arte, cultura e tecnologia. O objetivo é despertar o interesse da comunidade para estas áreas através do acesso gratuito às obras”, finalizou.

A “coleção Arte e Tecnologia” documenta as obras de artistas brasileiros e estrangeiros que usam a tecnologia em seus trabalhos, por meio de imagens e ensaios críticos. Segundo o prefeito Marco Alba, os livros da coleção “Arte e Tecnologia” serão distribuídos entre a Fundarc e a Biblioteca Pública do município.

Em 2015, a coleção Arte e Tecnologia chega à marca dos 100 títulos, consolidando uma iniciativa precursora e fundamental para a divulgação da tecnologia como ferramenta de produção artística. Os volumes são produzidos em parceria com editoras e, constantemente, integram projetos incentivados pela Lei de ICMS RJ, São livros de arte e não meros catálogos e, alguns casos, vão além do registro das exposições, retratando toda a trajetória do artista. A “coleção Arte e Tecnologia” documenta as obras de artistas brasileiros e estrangeiros que usam a tecnologia em seus trabalhos, por meio de imagens e ensaios críticos.

Com registros de importantes exposições realizadas pelo Oi Futuro, a coleção serve como fonte de conhecimento sobre a arte de nomes como Wally Salomão, Marcos Chaves, Adriana Varella, Carlos Vergara, Ivens Machado, Miguel Chevalier, Frederico Dalton, Sonia Andrade e Vicente de Mello,Pierre et Gilles, Tony Ousler, Neville D’Almeida, Leticia Parente, Ana Vitoria Mussi,Bill Lundberg, Regina Vater, Albano Afonso,  entre outros.

Tags: