Canal
Regional

Muros do Rio de Janeiro estampam atletas olímpicos

Por: Redação 24 de Junho de 2016

A agência nova/sb convidou o artista Valdi Valdi para grafitar alguns muros no Rio de Janeiro. A ação complementa a campanha Sons da Conquista, da CAIXA, que vem homenageando, desde maio, grandes nomes do esporte brasileiro. A campanha traz ídolos nacionais do rap cantando músicas inéditas para nossos atletas olímpicos, que são estampados em cinco painéis pela cidade. Os atletas homenageados são Arthur Zanetti, Alan Fonteles, Fabiana Murer, Joice Silva e Fernando Fernandes. Os muros foram usados na identidade visual da segunda fase da campanha, que teve início no fim do mês passado e continua no ar.

A ação do grafite também terá desdobramentos no caixa.gov.br/conquistas, o Muralize-se. Nessa plataforma, além de criar sua própria arte urbana para compartilhar nas redes sociais, os usuários terão acesso a todo o conteúdo da campanha: download gratuito das músicas, depoimentos dos atletas e dos músicos, making of dos grafites, clipe de cada música, história dos atletas patrocinados e outras ações que ainda serão lançadas no decorrer da campanha. 
 

Confira os endereços dos muros:

O grafite de Joice Silva, lutadora de wrestling, está na Rua Maxwell, 259, em Vila Isabel.

O grafite de Arthur Zanetti, da ginástica artística, está na Av. Maracanã, 307, na Tijuca.

O grafite de Fernando Fernades, da paracanoagem, está na Praia de Botafogo, 252, em Botafogo.

O grafite de Fabiana Murer, do salto com vara, está na  Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3100, na Barra da Tijuca.

O grafite de Alan Fonteles, do atletismo paralímpico, está na Rua Manuel Marquês, em Madureira.

Na segunda-feira, 20, o clipe de Karol Conka cantando sobre a trajetória de vida da lutadora Joice Silva começou a ser veiculado na televisão. “Tô na luta” mostra o poder feminino e a presença forte da mulher quando o tema é superação. “Se é pra vencer, deixa quem sabe fazer...”, diz um verso da música, que traduz o espírito da atleta. Filha de família de classe média, Joice nasceu no Rio de Janeiro, onde vive até hoje. Cresceu no esporte com o apoio irrestrito da família. Representou o Brasil nos Jogos Panamericanos de 2011, em Guadalajara, no México. Foi prata no Pré-oliímpico da Finlândia, em 2012, e presença nas Olimpíadas de Londres. No Pan Americano de 2015, em Toronto, ganhou ouro, na categoria até 58 quilos. Às vésperas de completar 33 anos (dia 20 de julho), Joice promete mais.

Tags: Cultura | Serviços | Jogos Olímpicos | Sudeste (Brasil)