Canal
Regional

'Game' leva jogador para a Floresta Amazônica

Por: Jamile Alves/G1AM. 26 de Novembro de 2015

Tornar a experiência de um jogador cada vez mais realista é um dos grandes desafios no mundo dos videogames. Com a proposta de apresentar ao usuário o contexto da região, um grupo de desenvolvedores de Manaus elaborou um jogo que possibilita "passear" pela Floresta Amazônica por meio de um óculos de imersão 3D. Além de caminhar e conhecer a mata, o jogador ainda entra em contato com lendas locais, como o Mapinguari.

Fotos: Jamile Alves.

O jogo "Lendas Amazônicas Santuário Perdido - A Lenda do Mapinguari" chamou a atenção do público durante a Feira Internacional da Amazônia (Fiam), que ocorre no Studio 5 Centro de Convenções até o dia 21 de novembro.

O game foi desenvolvido pela Interactive, empresa associada à incubadora do Ayty - Instituto Federal do Amazonas (Ifam).

Segundo um dos desenvolvedores do game, Michel Maciel, o objetivo do jogo virtual é, além de divertir, educar. "A ideia do projeto é criar um cenário amazônico em que o jogador possa interagir e se envolver com a região. Ele [jogador] passa realmente a conhecer uma realidade que muitas pessoas nunca viveram, que é a de estar em mata fechada.", disse.

Para a realidade virtual, o jogador utiliza um óculos de imersão, que cria um efeito tridimensional e permite ao usuário se sentir dentro do ambiente. Além disso, o jogador conta com um conjunto de dispositivos para tornar a sensação de realidade ainda maior. Uma plataforma converte o barulho dos sapatos em comandos no videogame. Desta forma, o jogador pode caminhar, correr, subir em árvores e até passear em uma canoa sobre o encontro das águas.

Como qualquer outro game, este também tem um objetivo. A lenda do Mapinguari - um gigante peludo com um olho na testa e a boca na barriga - dá embasamento para a criação da primeira versão do jogo.

"A pessoa terá alguns objetivos pequenos, como garantir uma flecha ou pedra, por exemplo, e a partir daí a 'missão' fica cada vez mais difícil, sendo que no final o jogador deve achar e derrotar o Mapinguar.", explicou Rodrigo Reis, que também desenvolveu o jogo.

Desta forma, vencer o jogo depende de quanto o jogador conhece sobre a lenda amazônica. "Há toda uma história sobre a lenda, sobre as características do Mapinguari. Para vencer, você terá que buscar esse conhecimento. Se ele tem medo de bicho preguiça, você deverá achar o animal no meio da selva para vencê-lo.", exemplificou.

O game apresentado na Fiam ainda está em fase de desenvolvimento e não há prazo para lançamento. "Nossa expectativa é de que o jogo ganhe o mercado local e estrangeiro também", concluiu Maciel.

Tags: