Canal
Regional

Florianópolis se consolida como polo de formação de artistas

Por: Assessoria 25 de Abril de 2017

Após 9 anos em atividade em Curitiba, a companhia Circocan abriu sua sede na capital catarinense, no bairro de Jurerê Internacional. O projeto, que inicialmente veio para animar os veranistas e oferecer uma opção de entretenimento e lazer, acabou se consolidando como um centro de referência de formação e treinamento de artistas.

Nos últimos anos mais de 20 artistas, técnicos e entusiastas dos Estados Unidos, Canadá, Eslováquia, Reino Unido, Holanda, Bélgica, Suíça e Alemanha vieram à escola realizar cursos e treinamentos, além de dezenas de brasileiros das mais diversas regiões do país.

Hoje, cinco anos depois de sua abertura, a sede do Circocan em Floripa que fica dentro do Jurerê Sports Center, hospeda o treinamento de artistas brasileiros e até de outros países. Além dos cursos e aulas abertas à comunidade, para aqueles que querem se divertir e entrar em forma, a escola se destaca na formação profissional em circo.

Desde 2015 realiza cursos anuais de qualificação, tendo sido premiada pela FUNARTE em 2015 e pelo Prêmio Brasil Criativo em 2016, ambos com seu projeto de formação artística em circo "GforC". A edição atual do curso, iniciada no último mês de março, conta com 17 participantes. Desses, doze vieram a Florianópolis de outros estados do Brasil e até da Escócia, para realizar o programa de seis meses de treinos.

Uma das novidades da edição 2017 é o artista e técnico Luke Quadrio, australiano, com passagens pelo Circo da China e Cirque du Soleil, que veio fazer parte da equipe de treinadores. Luke foi colega do Diretor geral do Circocan, Pedro Mello e Cruz, em 2011, quando ambos treinavam na renomada Beijing International Arts School. Desde então mantiveram contato e após um reencontro em 2016 na Indonésia, acertaram a vinda de Luke para a realização do intercâmbio.

"Nós estamos instalados num local com ótima qualidade de vida, e muitos atrativos. Sempre que conversamos com artistas de fora eles ficam animados em conhecer e visitar a sede em Floripa. Para os alunos e professores locais, esse intercâmbio de técnicas, abordagens e conhecimento é fundamental para inseri-los no cenário internacional, além de proporcionar vivência únicas.", afirma Pedro membro do Circocan desde 2003.

Ainda, segundo ele, a abertura ao conhecimento e aos profissionais de fora inspira o nome da própria companhia "Circocan - International School of Circus",  que desde sua fundação já contava com estrangeiros na equipe. A filosofia enraizada de internacionalização do conhecimento, hoje rende a escola parcerias permanentes com instituições de ensino dos Estados Unidos, Canadá e Escócia.

Tags: Sul (Brasil) | Cultura | Profissional de Mídia | Hotel