Canal
Regional

Festival Mundial de Circo 2017

Por: Redação 5 de Junho de 2017

Piscou, Perdeu! De 21 a 25 de junho acontece em Belo Horizonte a 17ª edição do Festival Mundial de Circo. Resgatando a memória circense e apresentando atrações contemporâneas o festival traz a capital mineira números nacionais e internacionais.

Passarão pelo palco do Galpão Cine Horto, casa do festival nesta edição, artistas finlandeses, uruguaios, peruanos, argentinos, italianos e brasileiros que apresentam um novo olhar sobre a cena circense. Ao longo de sua trajetória o evento já contou com 32 países participantes, 342 grupos convidados e mais de 770 apresentações.

Destaque do festival, o poético e preciso espetáculo “Dois” (Finlândia/Brasil) acontece nos dias 21 e 22 de junho e celebra o encontro dos irmãos Luís e Pedro Sartori do Vale no palco pela primeira vez. Ressignificando sua herança familiar e cumplicidade os irmãos encontraram na manifestação contemporânea do circo uma possibilidade de combinar diferentes formas de arte e desenvolver sua própria linguagem artística. Nesta montagem um antigo hobby em comum dos artistas ganha foco: o arco e flecha.

Criado originalmente como um instrumento de caça e guerra, o arco e flecha é também utilizado como esporte, lazer e meditação. Carregado de simbologia o instrumento está presente em diversos contos e lendas e em parte da história de diversas nações e culturas do planeta. Usando como fontes de inspiração lendas clássicas, cinema e performance-art (de Guilherme Tell à Marina Abramovic), os irmãos exploram as noções do risco, surpresa, fragilidade, precisão e concentração, criando cenas que transitam do cômico ao trágico, da poesia à virtuose.

Além de “Dois” a programação conta ainda com uma Mostra de Números Circenses reunindo artistas do Brasil, Uruguai, Argentina, Peru e Itália divididos em dois dias de apresentação no Galpão Cine Horto. Números circenses com técnicas variadas como o tecido, a acrobacia, a roda Cyr, a corda bamba entre outros serão intercalados por apresentações musicais mais que especiais com os artistas Sylvia Klein e Marcelo Veronez, dia 24 de junho (sábado), e Marina Machado e Júlia Branco, dia 25 de junho (domingo).

Investindo também na formação dos artistas locais e com o objetivo de provocar e possibilitar diálogos o Festival Mundial de Circo promove de 05 a 15 de junho uma residência do belo- horizontino “Coletivo sob 6” com o coreógrafo catalão Cisco Aznar. O ressalta a visão do Festival em proporcionar acima de tudo a concretização de propostas criativas locais vindas do convívio no Centro de Juventude do Adolescente, local onde acontece a residência.

Já o tradicional encontro proporcionado pelo festival ficará por conta do Cabaré Circense que desta vez acontece no dia 24 de junho a partir das 19h no bar Zona Last com entrada gratuita.

Tags: Festas Regionais | Evento Convenção | Cultura | Sudeste (Brasil)