Canal
Regional

Festival de Brasília seleciona empresa parceira para produzir o evento

Por: Redação 4 de Abril de 2017

A seis meses do 50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, as tratativas da produção do evento avançam na Secretaria de Cultura. As próximas duas edições, de 2017 e 2018, serão organizadas por uma entidade civil com experiência em produção cultural, selecionada por meio de chamamento público.

O Instituto Alvorada Brasil, vencedor da concorrência, firmou parceria por meio de termo de cooperação. O valor de referência para a contratação do evento é de R$ 2,5 milhões em cada edição (2017 e 2018). O resultado foi homologado no Diário Oficial do Distrito Federal de 31 de março.

De acordo com a coordenadora de Audiovisual da Secretaria de Cultura, Sara Rocha, o processo de seleção foi marcado pela pluralidade dos dois projetos inscritos. Ambos incluíram outros agentes do cenário cultural do DF nas iniciativas.

“No caso do selecionado, eles trouxeram a expertise que já tinham no assunto, e se juntaram a outros parceiros da produção local para oferecer uma proposta completa, que traduziu o que esperávamos”, ressalta.

Com a formalização, a organização civil elaborará nos próximos dias o plano de trabalho do evento. O planejamento deverá seguir as finalidades do festival, o que inclui estimular a cultura audiovisual e fortalecer esse segmento por meio de mostras, oficinas, lançamentos, palestras, debates e ampla programação sobre a produção do País e de Brasília.

A servidora da Cultura ainda reforça que o modelo de parceria é uma forma de fortalecer a sociedade civil de maneira legítima, além de facilitar a forma de capitalização dos investimentos públicos. “A melhoria na gestão nos permitirá abrir novos horizontes de trabalho”, defende.

Com sede em Brasília, a organização selecionada desenvolve projetos nas áreas de cultura, de responsabilidade social e de economia criativa desde 2009. O instituto participou da organização do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro em 2013, 2014, 2015 e 2016, mas prioritariamente como captador de recursos, via Lei de Incentivo à Cultura e outros mecanismos de fomento.

 

Tags: Centro Oeste (Brasil) | Profissional de Mídia | Evento Convenção | Cinema