Canal
Regional

Exposição Autismo em Foco emociona público em Blumenau

Por: Redação 17 de Maio de 2016

Em exposição no Neumarkt Shopping, 25 grandes painéis retratam crianças autistas praticando modalidades do esporte e da arte. Imagens surpreendentes que mostram como é possível, dentro de atividades de inclusão, superar limites e preconceitos. Assinada por cinco fotógrafos de renome, a mostra foi lançada no Neumarkt na quinta-feira, dia 12, e reuniu cerca de 200 pessoas. As fotografias do projeto “Autismo em Foco: Além do que os olhos podem ver” ficarão expostas em Blumenau até o dia 29 e depois seguem para Joinville e Criciúma.

“Cada foto dessas é um universo inteiro”, resume a pediatra Maria Fernanda Martignago, que auxilia no tratamento de duas das crianças participantes da exposição. Para ela, este projeto é importante porque “desconstrói rótulos, mostra que a inclusão não só é possível, como necessária, e valoriza o empenho diário dos pais, verdadeiros heróis anônimos”. 

Um destes pais é o administrador André Lobe, de Blumenau. Seu filho Matheus foi retratado na exposição fazendo aulas de música. “O autismo tem tratamento e, por isso, é importante diagnosticar cedo e seguir de cabeça erguida, com coragem”. André e sua esposa criaram um site -www.autistologos.com - com objetivo de compartilhar de forma gratuita e para um público amplo informações sobre o Transtorno de Espectro Autista (TEA), que engloba o autismo típico, a síndrome de Asperger e o transtorno global do desenvolvimento sem outras especificações.

Estima-se em 70 milhões o número de autistas no mundo. O autismo é um transtorno que afeta o desenvolvimento das habilidades de comunicação e interação social. Coordenada pelo Polo Uniasselvi Florianópolis e pela Agência Larissa Linhares Comunicação, a exposição Autismo em Foco tem como objetivo sensibilizar a sociedade e valorizar experiências exitosas de inclusão. “A melhor maneira de se combater o preconceito é investindo em conhecimento”, explica Bernardo Knabben, diretor do Polo Florianópolis.  

Para o fotógrafo Hermes Bezerra, um dos profissionais que assina a exposição, “a maior satisfação é ver que uma foto, por mais simples que seja, pode ser capaz de ampliar a compreensão das pessoas sobre o autismo”. Além de Bezerra, participaram do projeto os fotógrafos Adriana Fuchter, Caio Cezar, Fernando Willadino e Rodrigo Sambaqui. Todos de forma voluntária. Um making off produzido durante os ensaios fotográficos está disponibilizado gratuitamente na internet e foi exibido durante o lançamento. https://goo.gl/FmYjSI.

Tags: Sul (Brasil) | Europa