Canal
Regional

Curitiba será invadida por drones em março

Por: Redação 23 de Fevereiro de 2016

Nos dias 9 e 10 de março, Curitiba sediará a 1ª versão local do DroneShow (www.droneshowla.com/curitiba), com uma programação completa para os profissionais que já atuam ou pretendem trabalhar comercialmente com Drones para aplicações na agricultura, mapeamento, florestas, engenharia e meio ambiente. Além disso, as palestras, cursos e debates vão tirar dúvidas da comunidade do setor sobre a regulamentação, pilotagem, empreendedorismo e como escolher o melhor sistema de inteligência embarcada nos drones.

Em paralelo aos dois dias do evento, acontecerá uma exposição de produtos e serviços que mostrará os drones mutirrotores e de asa fixa, com modelos de vários marcas nacionais e importadas. Segundo Emerson Granemann, fundador da MundoGEO e idealizador do evento, “o mercado de Drones está em plena expansão no mundo e o evento será um oportunidade única da comunidade local se conectar, trocar experiências, promover parcerias e novos negócios”.

Segundo a Associação Brasileira de Multirrotores (ABM), o setor já tem vinte mil profissionais atuando no Brasil. “A expectativa é que em 2015 sejam criados três mil novos postos de trabalho e que o faturamento das empresas atinja até duzentos milhões de reais no setor”, afirma Granemann.

O DroneShow Curitiba contará com a participação de profissionais e representantes das empresas PrimaPIX, GEOAgri, Santiago & Cintra Geo-Tecnologias, G-Drones, DroneMapp, Xmobots, Imagem, Hexagon Geosystems, Rio Drones e SmartMatrix.

Para falar sobre regulamentação e a nova norma ICA 100-40 do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) para o uso de Drones, estará presente o Cap QOECTA Jorge Alexandre De Almeida Regis, do Cindacta II, o Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo, subordinado ao DECEA.

O evento está sendo promovido em parceria com o Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), com o apoio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR) e da Associação Brasileira de Multirrotores (ABM).

Tags: