Canal
Regional

Cultura regional e até videogame inspiram camisetas para o Círio

Por: Assessoria. 23 de Setembro de 2015

O Círio de Nazaré movimenta a economia e também a moda em Belém. Faltando 19 dias dias para a grande festa, a produção das camisas com estampa alusiva à padroeira dos paraenses está acelerada. Segundo os donos de lojas, as peças customizadas são as mais procuradas pelos devotos.

Em uma loja da Capital foram meses de planejamento e produção até as camisas chegarem na vitrina. Todo capricho foi utilizado nesta primeira coleção dedicada ao Círio, que traz estampas modernas, inspiradas na cultura popular e até no videogame.

Foto: Divulgação.

"Pessoas da realidade, da vida comum, a moça da periferia com seu filho. A ideia da marca é isso: cultura pop e cultura contemporânea.", explica Vilson Vicente, dono da loja. A expectativa é vender todas as 100 camisas produzidas para a festividade.

Em outra loja de Belém a produção está acelerada. Os preparativos começaram em maio e em agosto os modelos foram colocados à venda. Segundo o proprietário da loja, 120 pessoas já compraram adiantado e mais 900 unidades devem ser comercializadas até o dia do Círio.

A administração precisou contratar mais funcionários para conseguir suprir a demanda, pois a maioria dos pedidos são camisas para a família toda ficar padronizada.

"A gente tem que fazer bastante hora extra, que a demanda tá muito alta. Além da nossa produção do Círio, tem a nossa produção de uniforme. Então a gente espera fazer uma faixa de 20 horas extras por semana.", afirma Rian Lima, dono de loja.

Segundo o Dieese/PA, o mercado de confecções customizadas para o Círio vem crescendo, principalmente nos últimos cinco anos. Enquanto as peças tradicionais custam entre R$ 8,00 a R$ 13,00, as customizadas variam de R$ 30,00 a R$ 75,00.

A professora Laide Menezes não dispensa estar devidamente caracterizada durante o Círio. Há muitos anos ela compra a camisa com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré e o modelo 2015 já foi comprado na semana passada. "É uma tradição no dia do Círio. Parece que não entra no clima se não tiver vestida com a camisa do Círio”, afirma a devota.

Tags: