Canal
Regional

Culinária Gourmet na Expo Aparecida

Por: Redação 23 de Junho de 2016

Aparecida de Goiânia sediará, entre os dias 23 e 25 de junho, a primeira feira voltada para a indústria, o comércio e a logística do município também irá oferecer um festival de food trucks com amplo menu para agradar aos mais diversificados paladares.  Os visitantes poderão experimentar hambúrguer gourmet, feito com carne orgânica e assado na brasa. Mas haverá também pastel de leite ninho recheado, churros - daqueles bem tradicionais com sabor de infância, paletas, comidas mexicanas e cervejas especiais nacionais e importadas.

O lançamento de um ônibus-bar chamará atenção do público. O veículo da Oktos Chopp foi adaptado para se transformar em um bar. O ônibus é climatizado e todo equipado com chopeiras, televisões e bistrô. Segundo o sócio fundador da marca, Manoel Bezerra, além de inaugurar o ônibus durante a Expo Aparecida, ele também levará para a feira o seu novo chopp escuro. “Ele é um pouco mais adocicado e agrada bastante, especialmente as mulheres. A bebida é produzida da mesma forma que o tradicional, o que muda é o processo de fabricação”, explica.

FOOD BIKE

Outras atrações da culinária gourmet são as food bikes, que durante a Expo Aparecida estarão sendo representado por duas empresas: Pastel Ninho, que fabrica doces de forma artesanal, e Me Encanta Paleteria, empresa pioneira em Goiás na venda de paletas estilo mexicanas. A Pastel Ninho possui como carro chefe os pasteis de leite ninho feitos 100% de forma artesanal, já a paleteria se destaca no mercado por produzir os picolés de forma natural, sem aromatizantes, conservantes e corantes. Além disso a “Me Encanta” possui sabores diferenciados e únicos.

Em Goiânia, esses caminhões estão chegando e ganhando cada vez mais o gosto da população. Traduzindo ao pé da letra, os food trucks são carros de comida que ressurgiram nos EUA e Europa após o ano de 2008 como forma de superar a crise econômica que havia assolado essas regiões. Até início dos anos 2000, eles eram vistos como um tipo de comida barata e de baixa qualidade, mas isso foi repaginado por chefs, tornando-se uma nova alternativa para manter a renda. Por outro lado, os consumidores buscavam lugares mais baratos pra comer.

Tags: Centro Oeste (Brasil) | Bebidas Não Alcool | Alimentos