Canal
Regional

Conferência do Clima conhece as ações do Fundo Amazônia

Por: 2 de Dezembro de 2015

Os líderes mundiais presentes na 21ª Conferência do Clima em Paris (COP21) estão conhecendo o significado de palavras e siglas que até muito brasileiro desconhece: Mamirauá, Apiwtxa, ashaninkas, CAR, Inpe, Ipam.

Foto: Divulgação.

Todos projetos financiados pelo Fundo Amazônia. O trabalho de produção do vídeo que presta contas ao mundo dos recursos gerenciados pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no reflorestamento, preservação e conscientização da população local foi todo conduzido pela agência nova/sb.

Foram vinte dias para registrar cinco projetos, todos localizados muito distantes entre si. Da fronteira do Brasil com Peru e Bolívia, à Amazônia embrenhada e quase nunca visitada. Barco, voadeiras, monomotor. Uma aventura que a equipe da nova/sb nunca vai esquecer.

“Foi um grande desafio cobrir tantas distâncias em pouco tempo. É mais fácil chegar a Dubai do que a muitos locais da Amazônia. Mas sem dúvida a experiência foi indescritível. A reserva dos ashaninkas não recebe visitantes e passar três dias convivendo com uma realidade completamente diferente, com noções de tempo e espaço que não existem no nosso mundo urbano, foi enriquecedor.”, conta Lia Berbert, diretora de arte da nova/sb.

Pela primeira vez foram feitas filmagens com lexia-mini na Amazônia. Os drones, responsáveis pelas belíssimas imagens aéreas, acabaram sendo uma atração à parte, animando as crianças da aldeia Apiwtxa.

"A gente espera que essa recuperação que está acontecendo agora não seja só restaurada a terra, mas também a consciência do ser humano que destrói tudo isso.", pede o índio Benki Piyãko, líder de um dos projetos financiados pelo Fundo Amazônia.

Confira mais no vídeo abaixo:

 

Tags: