Canal
Regional

Competição inédita de pintura ao vivo movimenta Goiânia

Por: Assessoria. 17 de Novembro de 2015

Curiosidade, admiração e expectativa, muita expectativa. Esta foi a atmosfera da primeira edição do Art Experience, uma batalha de criatividade que permitiu ao público acompanhar o processo criativo dos artistas em Goiânia.

Movimento inédito na Capital, a iniciativa foi inspirada em experiências internacionais de arte, entusiamando protagonistas e expectadores. O evento foi realizado no dia 7 de novembro, no estande do Europark.

Fotos: Divulgação.

“A iniciativa é arrojada e estimulante, estou amando estar aqui.”, disse a médica  Kátia Brenner, que acompanhou a adrenalina dos artistas. A DJ Pri Loyola fazia a trilha sonora do momento. Intercalando batidas eletrônicas de MPB, lounge, maracatu, funk e deep house, ela criou uma vibe envolvente que se intensificava na medida que o tempo passava. O público rodeava os cavaletes, enquanto a ampulheta e a música impusionavam os artistas a darem forma a seus desenhos.

A batalha aconteceu em quatro rodadas. Cada uma contava com a participação de quatro artistas, que tinham de pintar uma tela de 50 cm X 70 cm, em apenas 25 minutos, utilizando tinta acrílica. Ao final, o público votava na que mais havia gostado. Os três finalistas pintaram mais uma tela, novamente escolhida pelos presentes.

Mais de 50 artistas se inscreveram para a experiência, promovida pela Euroamérica Incorporações e My Brokers Imóveis. Entre os doze participantes, nomes conhecidos como o Alberto Tolentino, com cerca de 30 anos de dedicação aos pincéis e autor de uma carreira internacional. “Arte é uma atividade solitária, eunca tinha pintado na presença de outras pessoas, mas gostei da experiência.”, comentou.

Também se inscreveram nomes nem tão conhecidos. Na verdade, revelações como Victor Lemos, 18 anos de idade e autodidata. Começou a desenhar aos dois anos, cresceu fazendo desenhos nas paredes de casa e assim convenceu a família de seu talento. Hoje, tem seu próprio estúdio, onde desenvolveu seu estilo próprio, que ele batizou como “arte de mistura”, uma pintura viva, colorida, nervosa. “Não é abstrato, nem figurativo, eu me inspiro na forma como via as coisas embassadas, quando era míope.”, conta.

Outra finalista foi Nathalie Arantes, de 15 anos de idade, que começou a pintar há apenas um ano. “Foi muito legal a experiência, além de eu ter tido a honra de estar junto a grandes nomes.”, disse. O tempo para ela foi suficiente para ela pintar a face de um cavalo, animal que ela mais admira.

A artista plástica Cacilda Vitória foi grande vencedora. Pintou dois quadros relacionados ao universo feminino, temática recorrente em sua carreira iniciada em 1992. Decidiu inscrever-se para experimentar a proposta diferente e aprovou. “Foi maravilhoso estar aqui”, disse. Decidiu o que pintaria no mesmo dia, e, quando a ampulheta virou, seu desenho logo tomou forma. Tempo? “Foi curto mas suficiente. Há telas que nascem rápido, outras não”.

Anfitrião do evento, o diretor da Euroamérica Incorporações, Angel Zamora, considera ser um privilégio abrir a porta do estande do Euro Park para a arte, um elemento de expressão da cultura e da criatividade. “Valorizar os artistas é valorizar também a capacidade de criação da humanidade, o pilar de nossa evolução ao longo do tempo.”, disse.

Os 12 quadros dos participantes serão leiloados por meio do Facebook do projeto (ArtExperience) e o valor será entregue integralmente para os artistas. A vencedora será contemplada com um vernissage oferecido pela Euroamérica Incorporações, na cobertura do Geniale Flamboyant, para apresentar seus trabalhos para 50 convidados.

Tags: