Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Campus Party chega pela primeira vez a Porto Velho

Por: Redação Promoview.. 9 de Junho de 2018

A Campus Party, um dos maiores encontros de tecnologia nas temáticas que envolvem IoT, blockchain, cultura maker, educação e empreendedorismo, chega pela primeira vez à Região Norte do Brasil nos próximos meses.

A Capital de Rondônia, Porto Velho, sediará o evento, entre os dias 1º e 05 de agosto, no Sesi. A realização se dará em parceria com o Conselho de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Conder) e com o Governo do Estado de Rondônia.

“Para esta primeira edição, teremos um pacote promocial exclusivo de entrada com camping individual por R$ 150,00 que será viabilizado apenas para a edição da Campus Party Rondônia. Assim, conseguimos levar para todos os campuseiros, especialmente para os que vão pela primeira vez, uma experiência única de poder acampar e viver uma internet de alta velocidade durante os cinco dias de eveno.”, afirma Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party Brasil.

O evento conta com magistrais de peso já confirmados como o engenheiro da Nasa Gabe Gabrielle e o pesquisador e designer 3D brasileiro, Cícero Moraes. Pesquisador e especialista em reconstrução de faces, Cícero apresentará a primeira reconstrução facial de um ancestral indígena da região Norte do Brasil em impressora 3D.

Ele tem desenvolvido uma série de metodologias relacionadas à reconstrução facial forense e próteses humanas. Na sua participação na #CPRO, o chapecoense também vai falar sobre esses projetos e o uso massivo do software livre em cada um deles.

Já Gabe Gabrielle é engenheiro, educador e palestrante motivacional. Ele conta sua trajetória no programa espacial da Nasa com fotos e vídeos, inspirando crianças, professores e outros profissionais. Gabe possui uma abordagem descontraída que toca as pessoas. Ele encoraja a todos a seguirem seus sonhos – não importa as circunstâncias.

Ainda, para quem gosta de uma boa internet, a Campus Party disponibiliza o que há de melhor em conexão de alta velocidade. “Com a internet dedicada, os campuseiros de Rondônia terão a oportunidade de jogar, fazer downloads de forma muito rápida e segura, além de curtir com os amigos durante o evento.”, diz Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party.

E para os mais aficionados por games, terá um espaço 'FreePlay' especial, com campeonatos em tempo real de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), League of Legends (LoL) e Dota. Outros campeonatos devem acontecer como robótica em diversas categorias como resgate e sumô, com curadoria de Rafael Pitwak, professor da Ifro.

Serão cinco dias de evento, com 250 horas de conteúdo, durante 24 horas. A expectativa é receber dois mil campuseiros na primeira Campus Party da Amazônia. Na intensa programação estarão em torno de 350 palestrantes nacionais e internacionais, hackathons (mais conhecidos como maratonas hackers, na qual qualquer pessoa pode participar) e workshops abordando os mais variados temas como blockchain, economia digital, empreendedorismo, Big Data, programação e robótica.

Além disso, o evento oferece um espaço gratuito chamado 'Open Campus', com expectativa de receber mais de 20 mil pessoas.

O espaço gratuito contará com atrações como simuladores de realidade virtual, drones, palestras, oficinas, áreas dedicadas a apresentação de projetos acadêmicos e universitários – a 'Campus Future' -, bem como apresentação de startups – Startups & Makers -, que aproveitam a participação na Campus para buscar novos parceiros de negócios, investidores e fazer networking.

A programação inclui ainda o espaço Educação do Futuro, que receberá personalidades e especialistas do universo educacional para falar das tendências e discutir as mudanças que devem ser feitas no setor.

“Estamos com a equipe mobilizada, entusiasmada e focada em levar à Amazônia o que há de mais inovador e disruptivo dentro de segmentos como blockchain, IoT, Inteligência Artificial, educação, empreendedorismo e realidade virtual. Tenho certeza que, assim como ocorre com as Campus Party que fazemos em outras regiões, a de Porto Velho deixará mais do que saudade quando terminar, mas principalmente legados e benefícios para serem usufruídos por toda a comunidade local.”, explica Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil.

Tags: spa-o-sico | orte-rasil | cultura | spa-os-para-ventos | Evento Proprietário