Canal
Regional

Atletas intensificam ritmo de treinos para o Campeonato Paranaense de Slackline

Por: 16 de Fevereiro de 2016

Foi dada a largada para a primeira etapa do Campeonato Paranaense de Slackline 2016. A competição, que integra o Festival Itaipu Slack Sup Day, acontece no próximo final de semana (20 e 21 de fevereiro) no Centro Náutico Marinas, em Guaíra, no Oeste do  Estado.

Para chegar arrepiando sobre a fita, os atletas iguaçuenses intensificaram o ritmo de treinos na última semana.  “Estamos treinando em média quatro horas por dia, quadro dias por semana”, contou a atleta Ana Carolina Andrade (17), uma das revelações do slackline brasileiro e primeira colocada na categoria feminino do Campeonato Paranaense de 2015.

A expectativa da jovem para a competição é a melhor possível. “Será em um lugar lindo, com ótimos atletas, e o evento conta com a melhor equipe de organização, que é a ADERE. Então estou ansiosa para chegar logo e curtir muito esse campeonato”, disse Ana, que integra a equipe ADERE Slack Foz.

Sarah Pesniaki, a Sarinha, é outra revelação do esporte. Com apenas 13 anos, ela já participou de diversas competições na cidade, e conquistou o terceiro lugar no Paranaense de 2015 (categoria feminino).

Completam o time Dalva Machado, 3° Lugar no ­Campeonato Brasileiro de Slackline (categoria feminino); João Gabriel Teixeira (John Nose), 4º colocado no Campeonato Gaúcho e 3º lugar no Paranaense de 2015; Hallan Garcia, atual campeão do Circuito Gaúcho de Slackline, e a estreante, Aninha Dias.

Paraná

A primeira etapa do Campeonato Paranaense de Slackline já é considerada o maior em número de participantes: São 30 atletas de diversas cidades do Estado, como Cascavel, Arapongas, Goioerê, Foz do Iguaçu, Curitiba e Guaíra.

Presidente da Associação de Slackline de Curitiba, Felipe Arakawa disse que um time de cinco atletas já treina para a competição. “No último domingo de janeiro fizemos um campeonato entre os atletas da cidade e isso ajudou muito nos treinos”. A equipe de Curitiba, assim como a de Foz do Iguaçu, está entre as favoritas da competição.

Anderson Pupo, o Lagartixa, representará a equipe Slackbirds, de Arapongas. Praticante de Slackline há três anos, o atleta já sonha alto e vai em busca da vitória.  “Estou treinando muito e indo para buscar o pódio. Minha meta para este ano é entrar no Mundial e estar entre os dez melhores do mundo”, afirma. Anderson já conquistou o segundo lugar no Paranaense de 2013 e foi o primeiro colocado na primeira etapa do Estadual em 2015.

O atleta Diogo Paganini (28) representará a equipe Slackline Cascavel na competição. Mesmo com uma rotina de treinos mais moderada, ele acredita que pode conquistar uma boa pontuação. “Diminui a frequência por conta de uma lesão nas costas no final do ano passado, mas pretendo participar para continuar evoluindo, e principalmente porque é sempre uma boa experiência conviver com grandes amigos e atletas”, revela.

Mais Verão

O Festival Itaipu Slack Sup Day contará, ainda, com oficinas de Stand Up Paddle (SUP) coordenadas por instrutores de Foz do Iguaçu e Cascavel. Paralelamente acontecem as atividades do Mais Verão, projeto da Prefeitura de Guaíra em parceria com os municípios lindeiros ao lago de Itaipu. Partidas de vôlei de areia, futebol e xadrez integram a programação nos dias 20 e 21 no Centro Náutico Marinas.

Música

E como o slackline caminha sempre com a música, a programação do festival está recheada de boas opções. Os dj´s Bruno Ribeiro e Marcelo Penayo comandarão as pick-ups do evento, e a banda iguaçuense Bob Kurupi fechará com chave de ouro o campeonato na noite de domingo. Penayo, que também é produtor executivo do Festival, já tocou em grandes eventos esportivos, como o X-Games (2013) e o Campeonato Mundial de Slackline (2015) em Foz do Iguaçu. Bruno Ribeiro também é parceiro nesta caminhada, com participações no Mundial de Slackline e em diversos eventos promovidos pela ADERE em Foz.

Tags: