Canal
Regional

Alagoas tem 40 eventos de turismo e negócios confirmados para 2017

Por: Gazeta web 11 de Maio de 2017

O mês de maio mal começou e Alagoas já tem 40 eventos corporativos captados para 2017. Os dados, divulgados pelo Maceió Convention & Visitors Bureau (MC&VB), mostram que o estado tem sido destaque não somente quando o assunto é lazer, mas também negócios. No ano passado, foram 48 eventos empresariais realizados em Alagoas.

Uma pesquisa divulgada pelo Ministério do Turismo (Mtur) revelou que 25% dos brasileiros viajam a trabalho durante o ano. Ganhando cada vez mais visibilidade, Alagoas tem recebido grande parte desses visitantes. Em 2016, o turismo de negócios atraiu 54 mil visitantes ao estado, contribuindo diretamente para a manutenção da ocupação dos meios de hospedagem alagoanos ao longo da temporada. No ano passado, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-AL), a taxa média de ocupação hoteleira em Alagoas foi de 70%.

"O turismo de eventos é uma alternativa para movimentar o segmento durante a baixa temporada. Segundo o Ministério do Turismo, cerca de 75% dos turistas que viajam a trabalho se hospedam em hotéis ou pousadas. Esse é um dado de suma importância, uma vez que pautamos nosso trabalho na apresentação de Alagoas como um Estado com localização privilegiada, rede hoteleira moderna e equipamentos estruturados", avalia o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.

O setor avança e junto com ele são potencializados os equipamentos do Estado. Em dezembro, o Governo de Alagoas firmou parcerias com o MTur e Caixa Econômica Federal (CEF) para a implantação novos Centros de Convenções. Vinculado à Sedetur, o Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió, receberá ainda um investimento de R$ 20 milhões para sua expansão e restruturação.

"As instalações dos Centros de Convenções da Barra de São Miguel, de Arapiraca, de Maragogi e de Penedo serão fundamentais para o desenvolvimento do turismo corporativo em Alagoas, possibilitando a realização de grandes eventos, o que movimenta toda a indústria do turismo, desde as cooperativas de táxi aos restaurantes e hotéis, gerando emprego e renda para a população local", lembrou Helder Lima.

Para a superintendente do Maceió Convention (MC&VB), Danielle Novis, a organização e o pensamento de estruturação do setor têm fortalecido o turismo de negócios em Alagoas.

"Quando trabalhado de forma profissional, o segmento de eventos abre grandes oportunidades de equilibrar as ações com o turismo de lazer, já que conseguimos lidar melhor com a sazonalidade também nos meses de baixa temporada. Desta forma, garantimos boa ocupação e fluxo, movimentamos a economia, geramos emprego e inclusão, o que direta ou indiretamente melhora a qualidade de vida da população alagoana", frisou Danielle Novis.

Tags: Nordeste (Brasil) | Evento Convenção | Profissional de Mídia