Canal
Regional

3M inaugura nova fábrica em Manaus

Por: Marcos dos Santos. 4 de Dezembro de 2015

A 3M inaugurou no dia 2 de dezembro, uma nova fábrica em Manaus, no Amazonas.

Com 16 mil m² de área construída, a unidade é o dobro da anterior e foi projetada para comportar o crescimento da multinacional no Estado nos próximos anos, dando ênfase à sustentabilidade, um dos pilares dos negócios da empresa.

Foto: Divulgação.

Com investimento de US$ 30 milhões, o projeto arquitetônico e a execução da obra foram pensados de maneira a reduzir os impactos ambientais e preservar do entorno. Instalada na rodovia AM-010 que liga Manaus a Itacoatiara, a nova fábrica tem acesso fácil para as principais rodovias da região, facilitando o transporte de produtos. Ela foi construída em terreno de 260 mil m² e, com isso, atende aos planos de ampliação do parque fabril.

A previsão é que nos próximos cinco anos o número de funcionários salte de 180 para 400. O plano prevê também o incremento no portfólio de itens fabricados no Estado nos próximos anos. Atualmente são produzidos produtos de quatro divisões de negócios e 15 linhas, entre eles os Post-Its, filtros de privacidade, fitas para fechamento de caixas e fitas isolantes.

“A unidade anterior, inaugurada em 2007, não comportava qualquer ampliação e a 3M Manaus é considerada relevante dentro do plano estratégico da empresa, pois está em um polo em expansão.”, explica Afonso Chaguri, diretor-presidente da 3M Manaus.

As operações em Manaus representam 11% do faturamento total da 3M no Brasil e 95% do que é produzido no Estado é distribuído para todas as unidades da federação. O investimento levou em conta a sustentabilidade e não inclui o maquinário – que foi transferido da fábrica anterior.

Entre os destaques estão o sistema de iluminação em LED em todo o parque fabril – que gera uma redução no consumo de energia em torno de 50% –, isolamento térmico e acústico do telhado e sistema de tratamento de água.

O isolamento térmico é responsável pela redução do uso de ar condicionado, por exemplo, garantindo aos trabalhadores temperatura adequada durante o expediente e baixo consumo de energia. O abastecimento de água da fábrica e do sistema de combate a incêndio é feito por meio de poços artesianos.

Os processos fabris consomem pouca água e a refrigeração do ar condicionado conta com sistema fechado de recirculação.  Já os rejeitos líquidos domésticos passam por tratamento antes de serem devolvidos à natureza.

A reciclagem, que já acontecia na unidade antiga, também foi contemplada nas operações da nova fábrica. Atualmente 70% dos resíduos não aproveitados são destinados para o mercado de reciclagem. A meta é chegar a 100% nos próximos anos. “É uma construção muito moderna e com impactos ambientais mínimos.”, diz Chaguri.

Antes da obra – executada em 11 meses – a 3M catalogou toda a fauna e flora e elaborou um estudo de impacto da vizinhança para garantir a preservação da região. A 3M está presente no Amazonas desde 2007.

 

Tags: