Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Três crianças tentam salvar o planeta em campanha da Vivo

Por: Antonio Cervi. 21 de Janeiro de 2022

Para mostrar seu compromisso com a sustentabilidade, a Vivo se soma ao movimento para incentivar o consumo consciente com uma nova peça publicitária que traz crianças em uma missão de proteger o meio ambiente através da reciclagem de eletrônicos. 

Confira o filme abaixo:

A campanha, que abre as novas produções da Vivo para este novo ano, participa da iniciativa “Recicle com a Vivo”, que chama a sociedade para -uma reflexão sobre as ações necessárias para um futuro mais sustentável e descartar corretamente o lixo eletrônico. 

Com o lema “Transformando o passado em futuro”, o filme produzido pela agência Africa traz crianças impactadas por notícias sobre a quantidade de lixo eletrônico gerada no país e que decidem lutar contra este problema. 

Leia também: Australian Gold e GoPro registram projeto de revitalização de corais em Porto de Galinhas

Unidos, eles sonham com um mundo mais verde e recolhem itens para serem entregues em pontos de coleta da Vivo, que já são mais de 1700 espelhados por todo o Brasil. 

O novo filme vai ser transmitido em tv aberta, pay tv, digital e em cinema de todo o Brasil, e a campanha ainda inclui uma série de ações com influenciadores digitais e perfis conectados à sustentabilidade. 

O Recicle com a Vivo é um movimento pela economia circular e um dos pioneiros em promover a logística reversa de eletrônicos no país. O Brasil é o 5º maior produtor de lixo eletrônico do mundo, ficando atrás apenas de China, EUA, Índia e Japão segundo o The Global E-waste Monitor 2020 da ONU

Ao todo, a Vivo já recolheu mais de 5 milhões de itens, sendo mais de um milhão de celulares e 118,9 toneladas de resíduos voltaram para a cadeia produtiva. Só em 2020, a empresa recolheu 7,6 toneladas de lixo eletrônico e em 2021 a meta ultrapassa de 9 toneladas. Atualmente, as mais de 1700 lojas da Vivo pelo país estão equipadas com lixeiras e urnas para receber resíduos eletrônicos como cabos, celulares, pilhas e conectores que não estão mais em utilização.

Tags: vivo comunicacao meio-ambiente