Canal
Premiações

Prêmio Caboré é para 'makers', não para 'fakers'

Por: Redação Promoview. 25 de Outubro de 2018

Na Era do fake, não dá para acreditar em tudo. Por outro lado, existem coisas que são bem mais difíceis de serem inventadas.

Esse é o tom usado na campanha de divulgação do Prêmio Caboré 218, realizado pelo Meio & Mensagem e considerado o red carpet da comunicação brasileira. A agência por trás da ação, pelo segundo ano consecutivo, é a F.biz.

"Caboré 2018. Não é Para Fakers" e "O maior prêmio da publicidade brasileira não é para Fakers" foram os conceitos criados pela agência. A campanha transmite a mensagem de que para ter uma coruja na estante é preciso fazer por merecer.

"Reconhecemos quem fez e faz um primoroso trabalho na indústria da comunicação, e, por meio do prêmio, sinalizamos para todo mercado quais caminhos seguir. O Caboré é único, por isso é tão desejado.", explica Marcelo de Salles Gomes, VP Executivo do Meio & Mensagem.

A comunicação é composta por peças que utilizam ícones do prêmio, como a famosa coruja, a gaiola e o próprio jornal com ilustração no formato estêncil. A veiculação está acontecendo nos canais próprios do Meio & Mensagem e contará com um anúncio diferente por semana, até a entrega do prêmio no dia 4 de dezembro, em São Paulo.

Para Alessandro Bernardo, diretor-executivo de criação da F.biz, a ideia foi criar uma campanha para relacionar e destacar a seriedade, o prestígio e a credibilidade do Prêmio Caboré e do Meio & Mensagem, mostrando que ambos não têm nada de falso. "Fake news é um assunto atual e que ganhou popularidade nas redes sociais. Já o Caboré é um prêmio criado por um veículo de comunicação sério e muito respeitado no mercado", explica.

A 39ª edição do Prêmio Caboré acontece no dia 4 de dezembro, no Credicard Hall, em São Paulo, e conta com patrocínio de Eletromídia, Globosat e Grupo RBS. 

Tags: Sudeste (Brasil) | São Paulo | Premiação Interna Empresas | Premiação - Profissionais | Evento Proprietário