Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

DW lança leilão de vídeos em apoio à liberdade de imprensa

Por: Redação.. 19 de Novembro de 2021

Com o objetivo de mostrar o respeito pelos colegas de profissão em todo o mundo, a DW produziu um vídeo mostrando a "liberdade de imprensa" gravado em 30 idiomas em que a organização trabalha. O vídeo está sendo leiloado e os lucros serão destinados aos Repórteres Sem Fronteiras.

Esta iniciativa foi motivada pelo desejo de aprender mais sobre um fenômeno promissor que ainda é bastante estranho para muitas pessoas: o vídeo que está sendo leiloado é apoiado por um token não fungível (NFT).

As NFTs poderiam ser descritas como um certificado digital de autenticidade. A tecnologia confirma que um dado digital, que normalmente pode ser copiado à vontade, é uma obra original, o que o distingue das cópias. 

Todo o conceito funciona com base na tecnologia de blockchain (cadeia de validação), a mesma tecnologia que hospeda criptomoedas como o Bitcoin.

Maria Ressa, das Filipinas e Dmitry Muratov, da Rússia, receberam o Nobel da Paz (Foto: Divulgação).

A liberdade de imprensa está em risco em muitas partes do mundo. Num possível gesto de aceno, Maria Ressa das Filpinas e Dmitry Muratov da Rússia receberam o Prêmio Nobel da Paz em 2021. 

Os jornalistas investigativos foram homenageados por seu compromisso com a liberdade de expressão como pré-requisito para a democracia e a paz duradoura.

Atualmente, 339 jornalistas ao redor do mundo estão atrás das grades, além de cerca de 100 blogueiros, jornalistas civis e funcionários da mídia, de acordo com a organização Repórteres sem Fronteiras (RWB). É um aumento considerável a partir de 2020, um ano recorde por si só. 

Além dos presos, mais de 30 jornalistas foram mortos em 2021 até o momento.

Tags: blockchain | deutsche-welle | liberdade-de-imprensa