Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Brasil recebe a primeira exposição outdoor de CryptoArte 3D

Por: Redação.. 6 de Novembro de 2021

A arte digital em NFT está possibilitando aos artistas novos horizontes e ganhando cada vez mais novos apreciadores ao redor do mundo. 

Para quem não sabe, o NFT (No Fungible Tokens) é um ativo digital que tem sua autenticidade comprovada por blockchain, a mesma tecnologia usada nas criptomoedas. 

Leia também: McDonald's revela sua primeira ação utilizando NFT.

O Brasil passa a acompanhar ainda mais de perto esse movimento ao inaugurar uma exposição de arte digital a céu aberto voltada para esse tipo de ativo.

Intitulada Breaking The Fourth Wall - A Digital Art Expo (ou Quebrando a Quarta Parede - Uma Exposição de Arte Digital, em português), a exposição será instalada na cidade de Florianópolis - celeiro da inovação e tecnologia do Brasil - numa megatela 3D de 350m², a primeira da América Latina. 

Ilustração de Rafael Fernandes (Foto: Divulgação).

A novidade está sendo trazida ao país por meio de uma parceria da agência internacional de Nova York Rise New York & Partners e o Floripa Square. 

A mostra será inaugurada no dia 6/11, em um hub interativo icônico, que se propõe a explorar a jornada do marketing por meio da criatividade holográfica, sob uma nova perspectiva. 

Com investimentos na ordem de R$12,5 milhões, o Floripa Square vai muito além dos anúncios da tradicional mídia DOHH (Digital Out-Of-Home), é um espaço para marcas se posicionarem com impacto e amplitude cross-media, onde pessoas se conectam por intermédio da novidade, com curiosidade, algo que desperte o interesse a partir das imagens geradas pela megatela a 50 metros de altura. 

O complexo é autossustentável, consumindo energia exclusivamente de fontes renováveis e ainda detém chancela de selo "Carbon Free", outorgado àqueles que se preocupam com as pessoas e com o meio ambiente, adotando práticas que compensam emissão de Gases de Efeito Estufa. 

A exposição deve iniciar por volta das 18hs, e contará com a participação de um time de artistas digitais brasileiros de peso. Entre eles está André Holzmeister, brasileiro que mora nos EUA e é considerado referência mundial em NFT, computação gráfica e motion design. 

Ilustração de Vinícius Lavor (Foto: Divulgação).

Segundo André, a exposição é uma oportunidade para as pessoas se aproximarem mais do universo da arte digital, mas também uma possibilidade de divulgar as contribuições do NFT para os próprios artistas. 

"O NFT veio democratizar a arte digital. Além disso, dá a oportunidade para o artista digital assinar a sua própria obra, atestando sua originalidade e garantindo-a como único exemplar.", afirma Holzmeister, que, além de expor, é responsável pela curadoria da mostra. 

André destaca ainda que a criptoarte é apenas um pedacinho do universo de criptos, que permite adquirir vários outros itens digitais. "É um mundo novo que se abre, com olhos para o futuro.", avalia. 

A exposição já nasceu vencedora. Passou a fazer parte da curadoria do MakersPlace, uma das plataformas mais importantes de NFT do mundo, que permite a aquisição das obras por meio de criptomoedas ou cartão de crédito. 

Além disso, a plataforma garante a autenticidade das obras por meio de um processo criterioso de verificação de identidade dos artistas, que só podem criar os NFTs depois de autorizados - garantindo ao comprador total segurança quanto à autenticidade da obra que está comprando. 

Compra por QR code 

Um dos pontos altos da exposição a céu aberto é que as obras digitais em 3D serão exibidas na megatela a 50 metros de altura, o que permite que seja apreciada a quilômetros de distância. 

Para quem se interessar pelas artes, o mecanismo de compra é inovador, assim como a própria arte em NFT. Por meio da leitura de um QR code, o interessado em conhecer e adquirir as obras é direcionado para o site no qual elas estão expostas e ali mesmo pode fazer a compra da arte escolhida em NFT. 
 

Tags: nft | criptomoeda | cryptoarte-3d